Câmara Legislativa: No papel, oposição cresceu

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Após as mudanças ocorridas durante o período de novas filiações, começa a se definir na Câmara Legislativa novo quadro de oposição e situação com as mudanças partidárias. Elas ampliaram – teoricamente – o número de adversários do Buriti de três para cinco. 

Dois distritais, Joe Valle e Aylton Gomes, estão agora em legendas de oposição. Joe mudou-se para o PDT. No caso de Aylton, quem mudou foi seu partido, o PR. Agora, ambos são vistos com cautela pelo Executivo.
Pode ser mais
Esse número, sempre em teoria, pode crescer. Ao menos de início, a  vaga do cassado Raad Massouh irá para Paulo Roriz, que acaba de ser demitido da Secretaria do Entorno. E o DEM entrou ontem na Justiça Eleitoral, reclamando a cadeira.

Desde o racha entre o PSB e o governo Agnelo Queiroz, Joe Valle se declarava em posição independente nas votações, mas quase sempre atendia a acordos de líderes para a aprovar projetos do governo. Mantém indicados na  Agricultura, como o secretário Lúcio Valadão. 
Ao ingressar na nova legenda, o distrital afirma que continua independente, mas agora mais crítico, devido à escolha partidária. “Meu posicionamento continua independente, mas com mais críticas. Porém, elas não são apenas destrutivas e sim construtivas. Não que estejamos no mesmo barco”, diz Valle, justificando: “Trata-se de uma oposição responsável”.
Ao ingressar no PDT, Joe ficou ao lado de  Celina Leão (PDT), ela sim com histórico de posicionamentos duros contra a gestão de Agnelo. O distrital elogia a parceira, mas prefere manter uma postura mais contida. “Já conversei com a Celina sofre as formas de se fazer oposição, que podem virar votos ou corrigirem rumos e ela faz muito bem a primeira. Eu prefiro corrigir rumos”, afirma Joe.
Antes do dia 5 de outubro, Aylton Gomes assumia sua posição governista, mas com a entrada do ex-governador José Roberto Arruda no PR, o deputado ficou numa sinuca de bico.
 Aylton garante: mantém posição independente e que vota projetos enviados a Câmara pelo Buriti de acordo com sua consciência, acreditando no que é melhor.
Fazendo as contas
Nos primeiros meses da atual legislatura, a Câmara Legislativa contava, no papel, com 19 dos 24 distritais na base de apoio ao governo.
O número aumentou para 21 com a mudança de distritais de partidos  como o DEM, PSC e o PSDB, historicamente adversários do PT, para a base.
Com a abertura do prazo para novas filiações se encerrando no dia 5 de outubro, o número mudou de novo e, do ponto de vista formal, voltou a ser de 19 a favor e cinco  contrários à atual gestão do Buriti.
Com as coligações à sucessão, que devem ocorrer até meados de 2014, o número poderá mudar novamente.
Candidatura é do partido
Joe Valle afirma que tem construído, junto com o partido, condições para que o projeto de governo de José Antonio Reguffe (PDT) seja viável para 2014. Para isso, o distrital tem se dedicado às bandeiras da legenda, especialmente a educação integrada, a qual ele pretende que seja implantada ainda no ano que vem.
“Temos o projeto de governo do Reguffe para que apresentemos soluções ou melhorias para os problemas de Brasília que já estão sendo observados pelo governo”, declara Valle. Ele prefere não se distânciar do partido e mantem contato permanente com o diretório. 
“Tenho dado retorno para o presidente do partido e para o deputado Reguffe, para que eu não fique distante da liderança. Tenho minhas convicções e ideologias e gosto do PDT. Você não me verá em outros partidos, como o PSDB ou o DEM, onde o tratamento é diferente”, analisa Joe.
Pela reeleição
O trabalho do distrital também visa a eleição do ano que vem, quando pretende concorrer à reeleição. “Vou repetir o mandato. É a decisão do meu grupo político, pois o mandato não pode ser apenas meu, mas das pessoas que acreditam no meu trabalho. Ainda temos muitas coisas para serem terminadas, pois se deixarmos a velha política tomar conta a cidade termina”.



Informou Suzano Almeida / Jornal de Brasília

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: