Câmara vai apaurar comentários de assessor de Raad contra deputados.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Com faixas e cartazes, apoiadores de Raad acompanharam a sessão e se mostraram revoltados com a decisão (Ed Alves/CB/D.A Press)

O procedimento foi pedido pela Mesa Diretora e anunciado pelo presidente, Wasny de Roure, após o Correio publicar, na edição de ontem, reportagem sobre o caso


A Câmara abriu uma sindicância, na terça-feira (3/9), para apurar a publicação de comentários contra oito distritais postados pelo advogado Lincoln de Sena Moura, assessor parlamentar de Raad Massouh, em sua página pessoal no Facebook. O procedimento foi pedido pela Mesa Diretora e anunciado pelo presidente, Wasny de Roure, após o Correio publicar, na edição de ontem, reportagem sobre o caso. A decisão foi tomada pelo Colégio de Líderes.


Durante a reunião, Raad se desculpou com os demais colegas e disse que havia conversado com o funcionário. Depois da divulgação da reportagem, já não era mais possível ver as críticas postadas por Lincoln em sua página. O assessor, no entanto, manteve em seu perfil a lista com os números dos processos que oito parlamentares respondem ou responderam na Justiça. Entre os comentários apagados, Lincoln acusava os oito de estarem envolvidos em “situações muito piores e mais graves” que a de Raad e que “incoerência é a marca da Câmara Legislativa”.
Informou o Correio Web

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

%d blogueiros gostam disto: