Campanella, ‘semente podre’, vai prestar conta aos distritais

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Foto: Divulgação - Arquivo Notibras

O diretor-geral do DFTrans, Marco Antônio Campanella, vai prestar contas da sua administração aos deputados distritais no próximo dia 30. Ele é apontado como uma das quatro ‘sementes podres’ que estariam impedindo Agnelo Queiroz de germinar uma reeleição sem sujeira.
Os deputados querem esclarecer muitas denúncias. Entre as irregularidades no DFTrans estão fraudes no sistema de bilhetagem automática, perseguição a servidores e desvios de arrecadação.

– Recebemos denúncias de vários servidores, entidades de classe e cidadãos. Deve haver algo de errado no órgão, pois são muitas acusações, avalia a deputada Eliana Pedrosa (PPS).
O deputado Wellington Luiz (PMDB), da base governista, reforçou a necessidade da prestação de esclarecimentos. “As denúncias são graves, e a sociedade espera uma resposta desta Casa. Tenho convicção de que as acusações não são vazias e levianas, pois muitos servidores fizeram questão de vir aqui pessoalmente relatar os fatos”, afirmou.

Já Joe Valle (PDT), presidente da comissão, elogiou a atitude dos denunciantes e ressaltou a importância do papel fiscalizador do Legislativo. “Esta comissão já recebeu uma infinidade de denúncias sobre os mais variados temas. As pessoas estão tomando consciência e fiscalizando as políticas públicas”.
Informou Notibrás

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: