Candidato do PT à reeleição, Agnelo se reúne com donos de farmácias em Ceilândia.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A permanência da política de desoneração da folha de pagamento de vários setores econômicos do Brasil foi defendida por Agnelo Queiroz, candidato à reeleição pela coligação Respeito por Brasília, durante encontro com donos de farmácias de Ceilândia, nesta terça-feira (19). Para Agnelo, a medida – que tinha validade até o fim deste ano – beneficiará empresários e a população.

“Com essa política de desoneração, os donos de farmácias podem diminuir os custos da empresa e, consequentemente, nossa população terá acesso a medicamentos mais baratos”, afirmou. Com a medida, implementada em 2011, os setores beneficiados pagam apenas entre 1% e 2% de seu faturamento, em substituição aos 20% pagos pelas empresas ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
Os investimentos destinados à saúde – um total de R$ 5,7 bilhões – também foram destacados por Agnelo durante o evento. Além da contratação de 15 mil profissionais para o setor, ele listou a construção de seis UPAS, nove Clínicas da Família, além da entrega do Hospital da Criança, que comemorou, na semana passada, um milhão de atendimentos.
O candidato à reeleição aproveitou a ocasião para falar sobre a ampliação do Setor de Indústrias da cidade e a implantação do Expresso Oeste – que vai interligar Ceilândia, Taguatinga e Plano Piloto –  além da expansão do Metrô em dois quilômetros. “Ceilândia não era respeitada e demos o valor que a cidade merecia. Mas ainda vamos fazer muito mais”, ressaltou.
O presidente da Associação Comercial de Ceilândia(ACIC), Clemilton Saraiva, ressaltou o empenho de Agnelo em investir na cidade e defendeu a continuidade de seu governo. “A associação está a serviço do bem. Em quatro anos tudo que pedimos fomos prontamente atendidos. Não podemos trocar o que está dando certo por um candidato que tem tantos problemas. Temos que dar continuidade a esse governo de acertos e vitórias”.
OBRAS – Ceilândia foi prestigiada com a maior UPA do Brasil, que pode atender até 500 pacientes por dia e, em breve, receberá a segunda unidade. Além disso, o governo investiu R$ 10 milhões em iluminação pública, reformou e urbanizou todas as feiras da cidade, construiu 13 creches e mais cinco estarão em pleno funcionamento até o final deste ano. A lista de melhorias na cidade inclui a inauguração do campus da UnB, a construção da Escola Técnica Federal, obras do asfalto novo, a regularização dos setores habitacionais Sol Nascente e Pôr do Sol, que receberão mais de R$ 400 milhões de investimentos em infraestrutura,  e a via de acesso a Samambaia, entre outras melhorias. 

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: