Carnaval: escola de Ceilândia vai viajar entre o modernismo e os dias atuais.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Sem espaço próprio para confecção de alegorias e fantasias, a escola de samba Águia Imperial de Ceilândia tem se preparado para o Carnaval de 2012 de forma improvisada, na casa do carnavalesco Pedro Paulo Lacerda, em Vicente Pires.

 
Criada em 1984, a escola ainda sonha em ser independente, ter seu próprio espaço, dar vida a suas criações, manter a escola de samba funcionando durante todo o ano e garantir a permanência da agremiação no Grupo Especial.
“A sede é o nosso sonho. Se tivéssemos um espaço, não pediríamos nada ao governo. Conseguiríamos funcionar durante todo o ano, promover eventos e angariar fundos. O barracão está sendo na minha casa, de forma improvisada”, afirma Pedro Paulo.
Sem medir esforços, diariamente, 20 pessoas estão trabalhando para deixar as peças de Brasil, 90 anos de Modernismo com a cara da escola. Conforme o carnavalesco, eles retratarão a revolução das artes, com pinturas, poesias, quadros e músicas. Tudo isso, para fazer bonito no Grupo Especial.
“Vamos começar na década de 20 e chegar até os dias de hoje. Vamos começar com a Tarsila do Amaral, passando por Mário de Andrade, com a obra mais importante dele, Macunaíma, e chegar a Caetano Veloso e Gilberto Gil. Levaremos a cultura para a avenida”, relata o carnavalesco.
Apreciador de temas culturais, principalmente brasileiros, Pedro paulo sugeriu o tema à diretoria da Águia Imperial de Ceilândia, que aceitou, pesquisou e concluiu que o tema tinha tudo para vencer o Carnaval de 2012. É com esse pensamento que todos na escola trabalham, para levar a riqueza da arte para a avenida do Ceilambódromo no dia 21 de fevereiro.
“O Carnaval de escola tem o objetivo de mostrar a cultura para o povo de uma forma artística e brilhante. E muitos não têm o costume de ler e não conhecem a história da arte no Brasil, desta maneira, vamos apresentar para eles”, explica o carnavalesco. Mesmo com todo o empenho da equipe, Pedro Paulo garante que a vitória, para eles, é apenas uma consequência de um trabalho bem feito.

Jornal de Brasília

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: