Carreta Oftalmológica estacionada em Ceilândia realiza mil cirurgias de catarata.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, desde que foi inaugurada, quinta-feira (3), a Unidade Móvel Oftalmológica já realizou mais de três mil consultas e cerca mil cirurgias de catarata. Os números revelam que os oito oftalmologistas, um anestesista e uma equipe com mais 65 profissionais de diversas áreas de apoio, não pararam de atender nos cinco consultórios da unidade.

A Carreta Oftalmológica, como é denominada, tem a previsão de permanecer em Ceilândia até o dia 15 de abril. No caso da consulta, o paciente que procura a unidade consegue atendimento por ordem de chegada, preenche um cadastro na hora para depois realizar os exames pré operatórios. Logo é encaminhado ao oftalmologista para indicação ou não de cirurgia. Em quatro dias, 3.050 pessoas passaram pela consulta com os especialistas.
A unidade oftalmológica tem estrutura de centro cirúrgico com capacidade para realização de três procedimentos simultaneamente. Essa disposição proporcionou a agilidade em mil cirurgias em quatro dias de funcionamento. “Com a Carreta vamos acelerar os atendimentos e zerar a fila de espera no Distrito Federal de pacientes que aguardam cirurgia de catarata. Vamos erradicar essa demanda reprimida”, disse o coordenador da Carreta Móvel Oftalmológica, Matheus Vieira.
Em poucos minutos o paciente passa pela cirurgia de catarata e recebe óculos escuros para evitar a claridade. Além disso é receitado um colírio. No dia seguinte, o paciente retorna a unidade para avaliação pós operatória.
Maria de Fátima Pereira Santos, de 57 anos, moradora de Samambaia, estava entusiasmada com a iniciativa. ”Eu já fui diagnosticada com catarata e aguardava a cirurgia, quando o centro de saúde me ligou, fiquei muito feliz. Chegando aqui encontrei essa superestrutura e minha cirurgia não demorou mais do que 10 minutos”, disse.
Para o morador de Ceilândia, Severino Ramos dos Santos, 62 anos, se pudesse dar nota 100 aos profissionais ele daria. “Foi um dos atendimentos mais excelente que já tive. Os profissionais são atenciosos e dão todas as informações e orientações possíveis. Estava na lista de espera, mas a minha hora chegou e tudo foi muito rápido”, relatou.
O paciente que passa pelas consultas na carreta e que não necessita de cirurgia, também é avaliado e, se for o caso, receitado para aquisição de óculos ou encaminhado com uma guia para tratamento específico com os profissionais da das Unidades Básicas de Saúde mais próxima de sua casa.
De acordo com Matheus Vieira, para o primeiro atendimento, o paciente deve se procurar o centro de saúde mais próximo para que possa ser cadastrado, inserido no Sistema de Regulação (SISREG) e chamado, por telefone, para o atendimento junto à carreta.
Serviço
Funcionamento: todos os dias de 6h às 17.
Local: ao lado da UPA Ceilândia, antigo Ceilambódromo.
Informações da Agência Brasília

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: