Carteira de motorista pode ser gratuita.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

DIVULGAÇÃO
O Projeto de Lei  593/2011, de autoria do senador Clésio Andrade (PMDB/MG), que visa auxiliar cidadãos de baixa renda a tirar carteira de motorista profissional, foi analisado ontem (20), pela Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR). O senador Paulo Paim (PT/RS), relator do projeto, deu parecer favorável à aprovação.
Segundo Clésio Andrade, que também é presidente da Confederação Nacional de Transporte (CNT), o principal objetivo do PL remete-se a dar oportunidade aos jovens que pretendem tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), com intenções de se habilitarem para exercer funções trabalhistas, princialmente. Caso aprovado, o benefício só poderá ser usado por indivíduos que estejam desempregados ou possuam renda mensal de, no máximo, R$ 1.635.
“Existem muitos jovens com dificuldade em arrumar emprego, dispostos a se tornarem motoristas profissionais, que não têm condições financeiras para arcar com os custos de obtenção da CNH. Hoje, o custo para obter documentação, exames, curso, treinamento e taxas está em torno de R$ 1.500, quantia elevada para famílias de baixa renda. Conhecendo a realidade brasileira e a área de transporte, percebi a importância dessa iniciativa”, revela Clésio Andrade.
A vendedora Gicely Souza, de 22 anos, não possui CNH, por não ter como arcar com as despesas que envolvem as etapas de retirada do documento, e considera importante a inciativa do PL. “É importante para criar oportunidades às pessoas que querem ou precisam tirar carteira de habilitação. Muitos empregos exigem carteira A ou B, atualmente”, revela a vendedora, que ganha R$ 800 por mês e mostra-se interessada na aprovação da lei.
O senador que propôs o PL acredita em rápida aprovação. Segundo Clésio Andrade, ainda não houve qualquer tipo de resistência à iniciativa.
Jornal Alô

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: