Ceilândia campeão da Taça Mané Garrincha

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Imagem inline 1
Com vitória o time da maior cidade do Distrito Federal chega pela segunda vez em sua história na final do campeonato regional.
 
Em uma agradável tarde de domingo a final do segundo turno do Candangão foi recheada de ingredientes que não podem faltar em uma decisão de campeonato.
 
A torcida finalmente apareceu, com ação inteligente da diretoria do Sobradinho com desconto no ingresso, liberação de entrada para mulheres e muitos ingressos cortesias lotou o estádio Augustinho Lima, até mais do que sua capacidade.
 
Um erro foi digno de registro, a mesma inteligente diretoria, deixou ser comercializado um ingresso onde o escudo era do Ceilândia, mas o nome era CAPITAL.
 
Com cenário perfeito para a prática do futebol começa a partida, o primeiro tempo morno não condiz com o resultado final, Ceilândia tinha maior posse de bola e as melhores chances de gol, nada que chegasse a preocupar o time do Sobradinho.
 
Irritantemente fechado em seu campo e utilizando do artificio das seguidas faltas o Sobradinho estava jogando com o regulamento a favor e conseguindo o seu objetivo, chegando com real perigo apenas aos 30 minutos.
 
Ceilândia finalmente aos 40 minutos consegue tirar o zero do placar com o experiente e capitão Dimba.
Começa o segundo tempo e o Sobradinho empurrado pela sua torcida que fez uma bela festa deixa tudo igual já aos 7 minutos com Edcarlos, nos 10 minutos seguintes o time do Leão cresceu na partida e tentou definir o jogo.
 
O Ceilândia tem em seu elenco o maior artilheiro do Campeonato Brasiliense que estava em dia iluminado, Cassius de cabeça depois de cruzamento de Allan Delon que foi considerado por muitos o melhor em campo desempatou aos 22 minutos do segundo tempo.
 
Sobradinho deve que mudar todo seu esquema de defesa e acabou abrindo espaço para o time do Ceilândia usar sua melhor arma o contra ataque, com a saída do Dimba entra Luís Fernando que em sua primeira jogada marcou o terceiro ao 25 minutos do segundo tempo, daí para frente o jogo resumiu-se em um monte de torcedores deixando o estádio e o Sobradinho tentando de qualquer jeito diminuir a diferença.
 
O Gato Preto de Ceilândia estava decidido em enterrar qualquer chance do Leão de Sobradinho e aos 45 minutos da etapa final o artilheiro Cassius jogou a ultima pá de terra no sonho do Sobradinho.
Imagem inline 2
Sobradinho 1 x 4 Ceilândia, campeão da Taça Mané Garrincha e classificado para a final contra o Luziânia e de quebra está credenciado para a Copa do Brasil 2013 e Campeonato Brasileiro da série D.
 
Parabéns ao Ceilândia e boa sorte na final do Candangão 2012.

Fonte: Ceilândia no Coração


Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: