#Ceilândia: Dívida não foi o motivo das mortes de crianças em incêndio, crime foi planejado.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


Uma semana após o assassinato de dois irmãos em um incêndio criminoso em Ceilândia, na noite da última segunda-feira (12/5), a Polícia Civil concluiu as investigações sobre o caso. De acordo com o inquérito, divulgado nesta segunda-feira (19/5), o suspeito do crime, Rômulo Nascimento, de 21 anos, será indiciado por duplo latrocínio. O titular da 15ª Delegacia de Polícia Johnson Kenedy disse que Rômulo confessou o crime em depoimento. Se condenado, ele pode pegar até 30 anos de prisão. 

A conclusão do inquérito policial também confirmou que o irmão mais velho das vítimas, Marcos Paulo Silva Santos, tinha uma dívida com Rômulo. Contudo, essa não foi a motivação do crime. Segundo a polícia, o suspeito já vinha observando e planejava assaltar a casa da família de Marcos. Ele pretendia roubar uma quantia em dinheiro que o pai das crianças assassinadas guardava em casa, além de objetos como TV, notebook e tablet. Segundo as investigações, Rômulo não planejou matar os dois irmãos. 
Correio Braziliense

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: