Ceilândia EC começa a ganhar um rosto.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Alcione: boa movimentação contra o Brazlândia

Alcione: boa movimentação contra o Brazlândia
Faltam pouco menos que três semanas para o início do campeonato para o Ceilândia. Depois de duas semanas de intenso trabalho físico e dois amistosos começa a hora da verdade. Os jogadores já começaram a ser apresentados ao estilo de jogo desejado pelo técnico Marquinhos Bahia. O técnico foi apresentado ao estilo de jogo de seus comandados.
Até agora Marquinhos perdeu quatro jogadores (Bruno, Diego Morais, Edu Bayer e Guilherme) e recebeu apenas um Diego Batata, lateral-direito. A saída dos atletas criou uma lacuna no elenco, particularmente nas laterais e na defesa. A diretoria corre para suprir as necessidades do técnico.
Pedro, Darci e Junior: Goleiros bem preparados.

Pedro, Darci e Junior: Goleiros bem preparados.
Na medida em que o tempo passa algumas coisas se tornam visíveis. Marquinhos está armando o time no 4-4-2, com poucas variações, ao menos nesse momento. Darci tem evoluído bastante mas ainda  precisa se sentir confortável com a defesa à sua frente. Esse deve ser um dos trabalhos do preparador de goleiros Júnior.
O meio de campo do CEC parece muito ansioso. O time oscila muito na marcação e precisa correr muito atrás do adversário. Os treinos coletivos e os jogos preparatórios são o ambiente indicado para resolver esses problemas. Contra times de melhor qualidade técnica o Ceilândia pode sofrer.
É verdade que Iranildo e Dimba ainda não estrearam. A presença dos dois altera a maneira do CEC jogar. Até agora o ataque foi formado por Tety e Cassius. Tety cai pelos lados e tem boa leitura de jogo. Com certeza Tety é um bom problema para Marquinhos Bahia. Marquinhos vai ter que saber o que fazer com Iranildo.
Marquinhos Bahia tem um problema grave por resolver: a dificuldade do meio de campo em se encontrar pode estar repercutindo na atuação dos laterais. Batata e Wallison não tiveram tempo para se entrosar. O Ceilândia ainda precisa de muito treino.  Na avaliação geral, a Comissão Técnica entende que o time é bom e mostrou isso contra o Brazlândia. Faltam pouco menos que três semanas. O problema é saber se na estréia o time estará ao menos 75% pronto

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: