Ceilândia faz parte da Hemorrede Pública, com uma Agência Transfusional

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Secretaria de Saúde é a primeira do país a ter uma rede totalmente informatizada entre as Agências Transfusionais da Hemorrede Pública. Ao todo, a capital dispõe de 13 unidades que estão interligadas, desde sexta-feira (3). A iniciativa é resultado de uma parceria com o Tribunal Superior do Trabalho (TST) que doou 50 computadores.

“Antes todos nossos registros, incluindo os relacionados à hemovigilância, eram realizados manualmente. Com a informatização, todos os procedimentos terão mais agilidade, além da melhora nosso gerenciamento”, explicou a diretora-presidente do Hemocentro, Beatriz Mac Dowell Soares.

As 13 agências são coordenadas pela Fundação Hemocentro e juntas realizam cerca de 5 mil transfusões por mês. Para concluir esse trabalho precisam cumprir várias etapas como recebimento dos hemocomponentes, gerenciamento de estoque, realização de exames e a transfusão.

O Hospital de Base conta com uma dessas Agências Transfusionais. Com a informatização, todos esses procedimentos serão realizados com mais segurança e qualidade.

“Num hospital como o HBDF, com quase quatro mil funcionários e com a maior porcentagem de hemotransfusão do DF, é fundamental garantirmos a qualidade tanto de hemoderivados quanto da segurança do paciente. Essa informatização será importante para tudo isso”, disse o diretor do HBDF, Julival Ribeiro.

Com a doação dos computadores, a assessora da Hemorrede do DF, Bárbara Berçot, destacou os avanços que acontecerão com o uso da tecnologia. Ela se orgulhou por fazer parte da rede.

“É a primeira Hemorrede do Brasil a ser totalmente informatizada. Mostrar que isso acontece no Sistema Único de Saúde é mostrar que ele funciona. E a doação desses computadores foi fundamental para isso”, frisou.

O predidente do TST, ministro Antônio Levenhagen, demonstrou sua satisfação em saber que a doação foi bem aproveitada.

“Pude perceber que houve um empenho até mesmo emocional para que isso se tornasse realidade. Participo dessa solenidade com um sentimento de extrema alegria em verificar que a nossa doação frutificou em benefício da população do Distrito Federal”. 

ONDE ENCONTRAR – As Agências Transfusionais da Hemorrede Pública do Distrito Federal estão localizadas nos hospitais regionais da Asa Norte, Santa Maria, Gama, Taguatinga, Samambaia, Ceilândia, Brazlândia, Planaltina, Sobradinho, Paranoá, Hospital Materno Infantil e no Pronto Socorro e Ambulatório do HBDF.

SES / DF

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: