Ceilândia na luta contra o consumo de drogas.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

No Dia Mundial de Luta contra o Abuso de Drogas e Tráfico de Ilícitos, a secretária de Saúde do Distrito Federal (DF) e movimentos jovens promoveram atividades em Ceilândia, cidade do Distrito Federal que enfrenta a violência e o tráfico de drogas.

Em uma área ao lado da administração da cidade foi montada barracas onde os moradores podiam medir a pressão, fazer ginástica e assistir à apresentação de hip-hop e basquete de rua. A mostra com vários tipos de drogas instalada em um ônibus da Polícia Civil, chamado Museu de Drogas, atraiu a atenção de grupos de adolescentes adventistas. “Não sabia de todas essas drogas”, disse Lucas Deziderio, de 14 anos de idade.

De acordo com a coordenadora do Programa de Atenção Integral à Saúde do Adolescente do governo do DF, Giovanna Rodovalho, a cidade foi escolhida por estar estigmatizada pela violência e o tráfico de drogas. “É uma forma de sensibilizar a população [para a questão das drogas]. E tirar a referência negativa de Ceilândia”, afirmou.

Membros do grupo Jovem de Expressão, que trabalha com a prevenção do uso de drogas com a população jovem em Ceilândia e Sobradinho, apoiaram a iniciativa. O representante do grupo, Marcelo Fernandes, disse que o diálogo é uma das melhoras maneiras de fazer com que o usuário de drogas possa procurar apoio para combater o vício. “Chamamos o jovem para falar sobre seus anseios. Às vezes, o que falta é um espaço para ele falar sobre os problemas”, disse.

Apesar da importância do evento, as atividades não atraíram um número grande de moradores da cidade.

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) lança hoje uma campanha nacional de prevenção e combate ao uso do crack. As equipes de futebol da Série A do Campeonato Brasileiro vão entrar em campo com uma faixa da campanha. As redes de televisão aberta irão transmitir, até 31 de agosto, mensagens sobre os perigos do consumo desse tipo de droga.

Com informações do Jornal de Brasília.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: