Ceilândia perde carnaval para Brasília.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Foto: Reprodução/Projeto Arquitetônico de Oscar Niemeyer
A partir de 2013, desfiles de escolas de samba voltam para o Plano Piloto; projeto do novo sambódromo desenhado pelo arquiteto Oscar Niemeyer não tem previsão para sair do papel

Os desfiles das escolas de samba do Distrito Federal vão se despedir de Ceilândia em 2012. O governador Agnelo Queiroz confirmou a mudança: a partir do ano que vem, o sambódromo voltará a ser montado nas ruas do Plano Piloto. Com a alteração, o governo vai engavetar mais uma vez o projeto do sambódromo desenhado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Este ano, os desenhos aprovados na gestão de José Roberto Arruda saíram rapidamente da gaveta para análise de técnicos da Secretaria de Habitação. Mas não seguiram adiante. …

Os traços do Festódromo – nome dado pelo arquiteto para a arena multiuso, que deverá ser destinada a eventos de grandes portes – chegaram a ser avaliados por técnicos da Secretaria de Desenvolvimento, Regularização e Habitação (Sedhab), mas por enquanto, não deverão ser utilizados. No projeto original, o novo espaço de festas deveria ser construído em um terreno entre Ceilândia, Taguatinga e Samambaia, próximo ao Campus da Universidade de Brasília em Ceilândia. Moderno, o prédio daria mais charme às apresentações carnavalescas. Mas, assim como os desfiles, a arena deve ter outro endereço, isto é, se for construída.

“Não há definição da área e nem decisão se o projeto será feito”, enfatiza o secretário de Habitação, Geraldo Magela. A afirmação do secretário foi confirmada por Agnelo Queiroz, durante coletiva nesta quarta-feira (25), durante solenidade que instituiu o Ano da Valorização de Brasília, no Teatro Nacional Claudio Santoro.

Enquanto representantes do governo decidem o que fazer com o destino do Festódromo, o projeto do espaço de festas, cujos traços seguem o padrão dos monumentos concretistas, está guardado, sob a responsabilidade da Novacap. No fim do ano passado, o executivo pagou pelo projeto ao arquiteto Oscar Niemeyer.

Pela proposta, a arena multiuso contemplará grandes shows, festas de São João, feiras de artesanato, movimentos culturais, além de oficinas de carnaval e teatro. O projeto prevê um grande palco; ilhas de apresentação; arquibancada; praça de alimentação; salas de aula e seis almoxarifados para que as escolas de samba do grupo especial guardem os carros alegóricos.

“Outra arquibancada móvel seria colocada apenas nas festas de carnaval, para que o som não disperse durante os desfiles”, explica o ex-secretário de Cultura Silvestre Gorgulho. Segundo ele, o espaço foi pensado com a participação de pessoas ligadas ao movimento cultural, como presidentes de escolas de samba locais e um dos maiores carnavalescos do País, o falecido Joãozinho Trinta.

Para Gorgulho, a indefinição sobre a nova área cultural compromete as festas. “Não acho correto gastar milhões todos os anos com uma estrutura que dura no máximo quatro dias”, questiona. Segundo ele, o projeto está pronto e só depende de vontades políticas para seguir em frente. “Antes de pensar em partidos e votos, é importante pensar na comunidade”, diz. “É uma perda para a cidade insistir em festas improvisadas na Esplanada dos Ministérios e no estacionamento do Mané Garrincha.”

O projeto do novo sambódromo surgiu durante o governo de Joaquim Roriz. À época, Niemeyer desenhou o esboço do que imaginava ser o lugar ideal para a realização das festividades, mas o protótipo não foi adiante. Em 2007, durante o mandato de Arruda, o então secretário de Cultura, Silvestre Gorgulho, retomou a ideia e pediu ao arquiteto que tocasse o projeto.

Depois de estudos de impactos e reuniões com representantes culturais, de entidades carnavalescas e políticas, a concepção do futuro Festódromo foi concretizada pelo arquiteto Carlos Magalhães e Fernando Andrade, e entregue à Novacap. Atualmente a proposta está arquivada e sem perspectiva de construção.

Por Natalia Emerich
Fonte: Blog do Sombra / Brasília 247

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: