Ceilândia rebece 4ª Marcha Contra a Pedofilia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A ação quer alertar
autoridades e a população sobre como coibir e identificar indivíduos que já
sofreram algum tipo de violência sexual, e também de proteger e acolher as
vítimas
No
próximo sábado, 17 de maio, às 9h, a cidade satélite de
Ceilândia será protagonista da 4ª Marcha Contra a Pedofilia. A ação é realizada
anualmente pela Organização Nacional contra as Drogas e a Pedofilia. O percurso
terá início no Ceilambódromo, próximo à nova UPA da cidade, seguindo pela
Avenida Hélio Prates até a Praça do Centro de Ceilândia quando farão um ato de
conscientização junto à comunidade.
Com
a expectativa de atrair 600 participantes, a marcha quer alertar autoridades e
a população sobre como coibir e identificar indivíduos que já sofreram algum
tipo de violência sexual, e também de proteger e acolher as vítimas.

De
acordo com o presidente da ONCDP, Ielton Ferreira, a marcha ocorre próximo ao
Dia de Combate a Violência Sexual contra Jovens e Adolescentes, no dia 18 de
maio. Neste ano, em especial, a ação trará como bandeira o combate ao turismo sexual
que tende a aumentar em todo o país em virtude da realização da Copa do Mundo.
“Embora
o governo tenha criado estratégias para coibir o turismo sexual no País neste
período de megaevento esportivo, sabe-se que as estatísticas de comérciosexual
vai crescer neste período, e infelizmente, os índices de violência sexual
também, para nossa tristeza. Mesmo assim, não podemos nos calar, precisamos
conscientizar a população de que cada um tem o seu papel a exercer. Compete a
sociedade, de denunciar, pois hoje, pela falta de registro de ocorrências os
números não correspondem ao índice real, para que as autoridades possam tomar
as medidas cabíveis, e também as associações e organizações do terceiro setor
de contribuir em melhorias neste cenário, como por exemplo: acolher e orientar
as pessoas vitimadas”, explica.
Para
concluir, Ielton convida toda a população de Ceilândia e também do Distrito
Federal para este ato. “Não devemos nos calar, precisamos agir contra todo e
qualquer tipo de violência contra as crianças e os adolescentes”.

Estatísticas

Segundo
estatísticas da Polícia Civil do Distrito Federal, de 1° de janeiro a 12 de março,
foram registrados 28 casos de estupro de vulnerável e 9 prisões efetuadas em
flagrante.
Em
2013, os números chegam a 195 casos, com 32 mandatos de prisão e 47 prisões
efetuadas em flagrante.
Sobre
a ONCDP

Fundada em 2010, a
Organização Nacional Contra as Drogas e a Pedofilia (ONCDP) atua em atividades
que visam prevenir a dependência química pelo consumo de drogas e de combater práticas
de pedofilia, por meio da conscientização. São promovidas atividades culturais,
sociais e educacionais bem como da solidariedade e fraternidade que venham a
contribuir e fortalecer a ética, da paz, a cidadania, os direitos humanos e a
democracia.Hoje a ONCDP é presidida por Ielton Ferreira, estudante do curso de
Direito, e conta com o apoio de grupo de voluntários. Para mais informações:
www.oncdp.com.br

.

Imagem Google.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: