Ceilândia receberá quinta UPA em dezembro, afirma GDF.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Primeira unidade de Ceilândia atenderá até 700 pacientes por dia, número que será dobrado com a inaguarção de segunda estrutura desse modelo em 2014
A quinta Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do DF, em construção na área do antigo Ceilambodromo de Ceilândia, será entregue em dezembro deste ano. O anuncio foi feito hoje pelo governador Agnelo Queiroz, que visitou o canteiro de obras dessa estrutura e de outra nesse mesmo modelo, a segunda da cidade, em fase de terraplanagem na QI 10.

 

“Com essas UPAs em funcionamento, será possível reorganizar o sistema de saúde de Ceilândia, porque vamos conseguir ampliar o atendimento de casos menos graves, desafogando o pronto-socorro do hospital, que cuidará apenas de casos de maior complexidade”, explicou o chefe do Executivo local.

 

Cada UPA em construção na Ceilândia, que recebe R$9 milhões em investimentos por unidade, tem uma área de construção de aproximadamente 2,4 mil metros quadrados, onde serão instalados 10 leitos para urgência e emergência e mais 10 para observação.

 

As estruturas, com capacidade para receber até 700 pacientes por dia, funcionarão 24 horas nas especialidades clínica médica, pediatria e odontologia. Além disso, serão oferecidos exames de imagem (raio-x), eletrocardiografia e laboratório.

 

“Nosso objetivo é fortalecer o sistema público de saúde, por isso vamos aumentar a capacidade da rede com essas novas estruturas e com a reforma das já existentes”, disse o secretário de Saúde, Rafael Barbosa.

 

Segundo ele, na cidade, seis centros de saúde foram devolvidos com novas instalações, além do hospital, que recebeu reparos em diversas áreas. Além disso, a UPA com obras em estágio mais avançado será integrada por uma Clínica da Família e um Centro de Atenção Psicossocial (Caps).

 

Já a segunda unidade, que deve ficar pronta em 2014, está sendo instalada próximo ao Sol Nascente, que possui cerca de 100 mil moradores. “Além de atender esses habitantes, nossa expectativa é que quem mora no Entorno, em especial Águas Lindas, seja atendido nessa localidade, diminuindo a procura pelo hospital”, enfatizou o secretário.

 

BALANÇO – As quatro UPAS em funcionamento estão instaladas no Recanto das Emas, São Sebastião, Samambaia e Núcleo Bandeirante. As próximas a serem entregues são a primeira de Ceilândia, a de Taguatinga e a de Sobradinho.

 

Além disso, outras três estão previstas para serem iniciadas, até o fim do ano, em Brasília, Gama e Planaltina.

Informou o GDF

 

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: