Ceilândia recebeu a 5ª Conferência Distrital.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

 
Aconteceu no último sábado (14/09), no Auditório da faculdade IESB, em Ceilândia Norte, a etapa local da Conferência Distrital das Cidades. Onde os moradores tiveram a oportunidade de participar de grupos de debates relacionados  à habitação, regularização e desenvolvimento urbano.
 


“È de extrema importância construirmos nossa cidade juntos, por isso o governo vem dialogando e discutindo com cada região o que é melhor para o desenvolvimento daquele setor” disse o administrador de Ceilândia, Ari de Almeida.


Os assuntos mais discutidos foram em relação a regularização dos Setores Habitacionais Sol Nascente e Pôr do Sol, recuperação asfáltica das vias e melhoria da acessibilidade em diversos setores da cidade. Segundo o líder comunitário do Setor QNR, Sabino Sobreira, o trabalho que vem sendo feito pela Administração Regional está excelente, mas precisa abranger novos setores e a revisão das calçadas. “É preciso desobstruir as calçadas, retirando postes, lixeiras e outros itens que acabam atrapalhando quem caminha pelas mesmas” disse o morador, que também enfatizou a questão da fiscalização dos “puxadinhos” por parte de comerciantes e residências. 
 


Já o vice-prefeito comunitário do Setor Sol Nascente , Valmir Santos, defendeu que a TAC (Termo de Ajuste e Conduta) fosse revisada e ajustada para o setor, de forma que não atrapalhe a execução do projeto em andamento, mas que se faça um estudo mais abrangente. “Precisamos incluir algumas áreas que estão fora do TAC” reforçou Valmir.


Durante esta etapa foram escolhidas 21 propostas e eleitos os delegados que representarão as regiões na 5ª conferência Distrital das Cidades – marcada para os dias 27, 28 e 29 de setembro. Eles levarão as demandas sugeridas pelos moradores.  Será a última etapa antes da Conferência Nacional, em outubro. Os participantes também elegeram o Conselho Local de Planejamento que terá a missão de coordenar o diálogo entre a população e o governo.  

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: