Central de boatos

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Com o advento da internet, qualquer pessoa pode ter um blog ou até um site. Como exemplo disso, temos visto o crescimento no número de veículos de jornalismo independente. Como é um fenômeno recente essa democratização e liberdade de propagar informação, a credibilidade de algumas fontes passa a ser questionada, já que a lei ainda não prevê sanções específicas para publicações inverossímeis.

Atualmente, uma série de blogs divulgam notícias da Câmara Legislativa do Distrito Federal e, especificamente, dos deputados distritais. Desta forma, ótimas notícias e distintas perspectivas jornalísticas, são publicadas, assim como uma série de fatos fantasiosos. O portal Câmara em Pauta, perguntou a alguns deputados se já foram vítimas de inverdades, e se acreditam que esses novos veículos de jornalismo, possuem credibilidade como fonte de informação.

Para o presidente da Câmara Legislativa, Patrício (PT), todos os blogs e sites são importantes para divulgar os trabalhos da Câmara. “Os fatos devem ser divulgados pela mídia, porém cada um é responsável pela informação que publica”, observou. Patrício disse que já teve seu nome envolvido em notícias falsas. “Achei melhor não entrar na justiça, cada um faz o que achar melhor”, ponderou.

Até agora, a Câmara ainda não investiu em publicidade, porém o presidente diz que a verba pública destinada à essa finalidade, sairá este ano, após as licitações. “Nós fizemos várias reuniões com Ministério Público, Tribunal de Justiça, e preparamos o edital. Agora falta escolher as agências que vão participar para que possa ser efetivado o plano de mídia e publicidade da Casa”, informou.

O vice-presidente da Casa Dr. Michel (PSL) disse que “ler todos os blogs é uma forma de ser informado para não ser pego de surpresa”. Michel comentou que já viu seu nome em “reportagens levianas”, porém acredita que a democratização da informação é um meio de “burlar a imprensa marrom, ou seja, o jornalismo comprado por meio dos blogs”. “Quem tem informação tem o poder, temos que pegar todas as informações, analisá-las e dali extrair o que for interessante”, explicou.

O deputado Chico Vigilante (PT) afirmou que, por ser do governo, uma série de blogs são utilizados para extorsão. “Eles me atacam, porque acreditam que desta forma, Agnelo vai determinar ao governo que financie seus blogs”, afirmou. Para Chico, a publicidade será tratada de maneira profissional. “Os veículos de seriedade e credibilidade do DF, que estarão aptos a receber os recursos”, finalizou.

Celina Leão (PMN), acredita que qualquer veículo de comunicação independente de ser blog ou jornal impresso, pode ser mal utilizado. “Isso é igual caráter, têm pessoas que tem, e pessoas não têm. Mas se formos analisar, a maioria dos veículos de comunicação, dos blogs, tem trabalhado com seriedade”, ponderou.

Outros deputados também alegam já terem sido surpreendidos por notícias falsas. Alguns preferem evitar o desgaste gerado pelas supostas inverdades, como no caso de Benício Tavares (PMDB). “Eu tenho tido uma prática de não me pautar na leitura dos blogs, então como existem muitas fofocas políticas, eu prefiro não ficar sabendo. Essa tem sido minha conduta, já que cada um escreve o que quiser, sem ser cobrado”, explicou.  

O deputado Olair Francisco (PTdoB), diz já ter se surpreendido com algumas notícias mentirosas. “Têm alguns veículos que distorcem as frases, nem todos têm o compromisso com jornalismo, que é para dar informação”, avaliou. O distrital diz que os veículos são uma ferramenta, e que acredita que blogs descomprometidos com a verdade só têm a perder. “Temos que valorizar os meios de comunicação, a gente observa todos os blogs. Aquele blog que não dá a notícia correta, vai perdendo a média de acesso”, completou.
Fonte: http://camaraempauta.com.br

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: