Cerca elétrica irregular mata criança em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Jornal de Brasília – O cenário onde o menino Yuri Gabriel dos Santos Souza, de cinco anos, morto após uma descarga elétrica no começo da noite desta terça-feira (16), é formado por um emaranhado de fios elétricos descascados que formava uma cerca irregular em uma chácara no Condomínio Sol Nascente, em Ceilândia. A perícia deve sair em até 30 dias, mas as características das armações e a falta de documentação e sinalização obrigatória confirmam a irregularidade.


Segundo informações preliminares da Polícia Militar, o menino sofreu o acidente ao tentar buscar uma das suas sandálias que havia caído em uma poça d’água formada pelas últimas chuvas, neste momento ele se encostou na fiação e levou o choque. De acordo com a Secretaria de Saúde, a criança não resistiu a uma parada cardíaca. Ele chegou a ser socorrido com vida, e levado ao Hospital Regional de Ceilândia.


A morte da criança causou revolta entre os moradores da região, que tentaram invadir a propriedade onde aconteceu o caso. Diante da situação, policiais militares em três viaturas foram mobilizados para conter os populares.

1 Comment

  • Avatar
    Mauricio , 20 de novembro de 2012 @ 18:27

    Muito boa matéria, sou especialista no segmento de cercas elétricas e informo que isto ocorre por inconsequência de instaladores que fazem verdadeiras gambiarras e se utilizam da rede de energia eletrica diretamente sem a utilização de uma central de choque, que por sinal deve ser homologada e é muito segura, abraços

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: