CHACINA em Águas Lindas de Goiás deixa o saldo 2 homens mortos e mulher em estado gravíssimo

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

TVCMN – Ontem 06/07 por volta das 23h00m, quatro jovens, dois homens e duas mulheres estavam em um cafofo, na Quadra-57 Lote-41 do Jardim Barragem-4 bebendo cerveja, e segundo os policiais possivelmente estariam usando drogas,

(pois em uma sacolinha plástica havia vestígio de cocaína), quando três deles foram vítimas de uma chacina. No momento que “Fulana de Tal”, uma das jovens, foi ao banheiro, ouviu a porta do cafofo sendo arrombada, e em seguida muitos tiros. Com medo, ficou quieta e ouviu quando os autores dos disparos falaram, “cara tem mais alguém aqui – não tem não, vamos embora”, e foram embora.  “Fulana de Tal”, ao perceber que os autores tinham ido embora, saiu do banheiro e refugiou-se no lote vizinho com medo que os autores dos disparos voltassem. Alguém ligou  para o 192 em que compareceu uma equipe do SAMU que chegando ao local se deparou com um senário macabro, onde um homem já estava morto e um outro  e uma mulher  agonizavam em estado gravíssimo, em meio ao sangue que escorria de suas cabeças e pedaços de massa encefálica (miolos) que estavam pelo chão. A equipe do SAMU socorreu as vítimas agonizantes e acionou o COPOM que acionou a VTR-2067 da 35ª, composta pelo Cabo Vieira e SD. Ribeiro, que chegando ao local iniciaram o levantamento primário do ocorrido, em que encontraram um veículo GOL cinza escuro metálico parado em frente ao cafofo, e lá dentro uma moto Dafra vermelha, seis bicicletas, várias gaiolas com passarinhos, um papagaio, um colchão estendido no chão e muito lixo. Os policiais também constataram que o local já foi palco de outro tiroteio e ainda tem marca de bala na porta. Mesmo com toda movimentação, a rua estava deserta e ninguém se arriscava abrir portas ou janelas. Ao fechamento desta matéria, fomos informados  que das duas vítimas que foram socorridas pelo SAMU, uma não resistiu aos ferimentos sendo que morreu antes mesmo de ser atendida e a outra deu entrada no HBJ-Hospital Bom Jesus, mas foi removida um hospital do DF e seu estado ainda é gravissímo. A sobrevivente que saiu ilesa, “Fulana de Tal”, já era conhecida da polícia, mas quanto às vitimas ainda não nos foi informado se tinham passagem por algum crime. As vítimas são: Mosaniel da Silva Sousa 25 anos, Jackson Rocha de Souza 21 anos e Crislene Rocha da Silva 20 anos que está internada. Embora tenham os sobrenomes idênticos nada indica que sejam parentes.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: