Chico Vigilante defende a presença de UPP no DF contra a violência

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Ao receber um telefonema de uma moradora do Sol Nascente durante a sessão ordinária desta terça-feira (15/05), o deputado Chico Vigilante subiu à tribuna, de onde informou que pedirá ao Governo do Distrito Federal para que adote no DF o sistema de Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) a exemplo do que foi feito no Rio de Janeiro e começa a ser utilizado pelo Governo da Bahia: grupos da forças de seguranças, formada por Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, em regiões do DF, como Sol Nascente, Itapoã, Estrutural.


A moradora ligou para pedir ajuda. Os moradores do Condomínio Sol Nascente estão assustados com o aumento da violência na região, considerada a segunda maior favela do Brasil, onde quatro pessoas foram assassinadas no dia de hoje, supostamente por envolvimento com drogas.

“A maioria das mortes no DF tem sido por conta de droga. Na Papuda, de cada quatro pessoas, uma está lá por conta do envolvimento com droga”, observou Vigilante. “Chegou a hora de determinadas regiões, como o próprio Sol Nascente ter um grupo das forças de segurança do DF”.

Para o parlamentar, a maneira como o crime se porta no DF é assustadora. O Governo se esforça no sentido de combater a criminalidade, por meio de ações da Polícia Civil, da Polícia Militar, mas também por meio de outras iniciativas, como iluminação pública.

“Ontem, por exemplo, por volta de 9h30 fui ao setor habitacional Pôr do Sol verificar o trabalho que a CEB está fazendo lá dentro. Parecia dia, o lugar está todo iluminado”, disse Chico. O governo colocou postes com lâmpadas nas ruas e relógios nas casas. “às pessoas agora têm prazer de pagara conta de luz porque se sentem seguras”, disse.

“As forças de segurança têm que ocupar todas as regiões onde o crime tem imperado para dar mais segurança à população”, ressaltou o parlamentar. Considerando que a maioria dos indivíduos envolvidos com a criminalidade bem como as vítimas são jovens, o deputado disse acreditar  na recuperação desses jovens.
O crime no DF se estabelece em lugares que o deputado definiu como “bolsões” que foram criados por governos passados, que fizeram da terra pública do DF, “moeda vil de troca por votos”. E garantiu: “O nosso governo veio para acabar com isso e vai acabar com este problema da violência no DF”.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: