Cineasta de Ceilândia tem curta selecionado para exibição em Festival do Cinema Brasileiro

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram



que
vão concorrer na 20ª edição do Troféu Câmara Legislativa do Distrito Federal.
Eles foram escolhidos entre 81 produções brasilienses inscritas. São 
quatro longas-metragens e 4 curtas, que serão exibidos na Mostra Brasília
durante o 48º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, que acontecerá de 14 a
21 de setembro deste ano. Serão distribuídos, ao todo, R$ 200 mil em prêmios.
As sessões, gratuitas, acontecem entre 17h e 19h.

A coordenadora do Comitê Gestor do Troféu Câmara
Legislativa, Verônica Pedra, explica que os filmes inscritos foram avaliados
por uma comissão julgadora integrada por profissionais da área de cinema, de
acordo com o edital 001/2015.

Compõem a comissão o diretor musical e compositor
de trilhas sonoras José Eugênio Matos; a jornalista e artista plástica Maria de
Fátima Freire, o ator e vencedor do prêmio de melhor ator da Mostra Brasília de
2014, Marquim do Tropa; o presidente da Associação Brasiliense de Cinema e
Vídeo (ABCV), Norlan Silva e o diretor e produtor cultural Octávio Schwenck
Amorelli.

A presidente da Câmara Legislativa, deputada
Celina Leão (PDT), enfatiza a relevância do Troféu Câmara Legislativa do
Distrito Federal, no sentido de valorizar e estimular a produção
cinematográfica do DF. “Precisamos cada vez mais lutar para que nossas
manifestações culturais ganhem espaço e reconhecimento”, ressalta.


O Cineasta morador de Ceilândia Ricardo Palito da 2 Palitos Produções vai concorrer com o curta-metragem “Faz seu Corre”

Confira os filmes selecionados:

Longas-metragens

  1.  Alma palavra, de
    Delvair Montagner e Armando Bulcão
  2.  Félix, o
    herói da Barra, de Edson Fogaça
  3.  O outro lado do paraíso, de André Ristum
  4.  Santoro, o homem e sua música, de John Howard Szerman

Curtas-metragens

  1.  A culpa é da foto, de Eraldo
    Peres da Silva
  2.  Afonso e uma Brazza, de Naji Sidki
  3.  Asfalto, de Márcio de Andrade
  4.  Como se voasse para casa, de Wesley Gondim
  5.  Dias de azar, de Priscila Pereira
  6.  Escuro do medo, de João Gabriel Caffarelli
  7.  Faz seu corre, de Ricardo Palito
  8.  João Brandão adere ao punk, de Ramiro Grossero
  9.  Johan, de Washington Rayk
  10.  Matriz proibida, de Alan Schvarberg
  11.  O melhor fotógrafo do mundo, de Faúston da Silva
  12.  O sal dos olhos, de Letícia Bispo
  13.  Setor complementar, de Tiago Rocha dos Santos
  14.  Vagabunda de meia tigela, de Otávio
    Chamoro


Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: