Comércio irregular no centro da Ceilândia está voltando aos poucos

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Camelôs foram transferidos para espaço próprio em 2007, mas muitos voltaram a se arriscar nas ruas e praças da região central da cidade


[email protected]
  Redação Jornal Coletivo
Ruas e praças do centro de Ceilândia estão sendo tomadas, novamente, por ambulantes. Em agosto de 2007, para solucionar a desordem e a quantidade de camelôs que impediam a circulação de pessoas, mais de 1,2 mil comerciantes foram retirados do local e transferidos para o Shopping Popular. Anos se passaram e os vendedores estão voltando aos poucos e se instalando novamente. A concentração de ambulantes é mais forte no final de semana. Frutas, CDs, DVDs, calçados, bolsas, roupas e churrasco estão entre os produtos vendidos no centro da regional.


A comerciante Vânia da Costa dos Santos vende meias e diz que só trabalha irregularmente porque não consegue um trabalho formal. “Prefiro um emprego com carteira assinada, pois quando a fiscalização chega,  toma tudo da gente. Mesmo assim, eu sempre voltarei para cá, pois a falta de emprego é grande”, desabafa Vânia Santos.


Mas há quem tenha optado mesmo pela informalidade. Frederico Pascoal Dias deixou o emprego, com carteira assinada, por causa da remuneração: recebia um salário mínimo. Hoje, ele vende celular. Diariamente, ele comercializa quatro aparelhos, com valor médio de R$ 180,00 por aparelho. Sua renda mensal é de R$ 3 mil. “Tenho medo da fiscalização, mas quando eles vêm, pego tudo e saio fora, em seguida a gente volta. É a única forma que tenho para sobreviver. É um trabalho como qualquer outro”.


E se existem ambulantes na rua é porque há demanda pelos produtos. O consumidor João Emanuel da Silva confessa que sempre compra CDs de vendedores ambulantes e diz que nunca teve problema com relação à qualidade dos produtos. “Eu compro não só pelo fato de ser mais barato, mas porque são todos pais de família. É melhor do que está traficando”, declarou Silva.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: