Construção de albergue em Ceilândia tira o sono da população.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A construção de um albergue na QNR 1 de Ceilândia está perturbando quem mora no setor. Segundo os moradores, o Governo do Distrito Federal havia informado que a estrutura seria uma estação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Mas a própria população descobriu que, ao invés do VLT, o edifício vai ser um albergue, para abrigar aproximadamente 200 moradores de rua. Os vizinhos da obra reclamam que só seria possível a construção de um albergue se houvesse também reforço na segurança do local.


A Secretaria de Desenvolvimento Social informou que quase 30% da população em situação de rua está em Taguatinga e Ceilândia e, por isso, o número de moradores de rua nas cidades não deve aumentar após a construção do albergue. A instalação deve ser diferente da construída no Areal, alvo de muita reclamação de moradores vizinhos. A assessoria da secretaria esclareceu que a construção de unidades de acolhimento devem ser em áreas públicas, que garantam o direto de ir e vir da população e reforçou que a unidade é de grande importância para desabrigados, pois oferecerá refeições e dormitório.


Correio Web Informações da TV Brasília

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: