Conta do estádio Nacional chega a R$ 1,6 bilhão

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Após dois adiamentos, está prevista para o próximo sábado (18) a inauguração do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, que deve consumir um total de R$ 1.653.077.928,93 dos cofres públicos. A quantia é resultado de estudo feito pelo gabinete da deputada Eliana Pedrosa (PSD), que analisou todos os gastos publicados no Diário Oficial do Distrito Federal no decorrer da obra. Originalmente, o estádio foi orçado em R$ 690 milhões.

Nesta reta final, chamou atenção de Eliana o fato de o sistema de comunicação visual ainda não ter sido contratado. Placas como “saída de emergência”, “arquibancadas”, “bares”, “indicação de localização dos banheiros”, entre outras, custarão R$ 12,8 milhões. “Estamos a uma semana da inauguração e isto ainda não foi feito. Será que vão inaugurar um estádio moderno com placas provisórias, impressas em folhas comuns? Torço para que façamos uma grande Copa aqui em Brasília. No entanto, vejo necessidade em se explicar os valores aplicados”, disse a parlamentar.
Outro dado importante está no aditivo contratual da cobertura. Mesmo depois de o Tribunal de Contas do DF (TCDF) considerar o valor de R$ 170 milhões acima do preço, o consórcio responsável conseguiu mais R$ 39 milhões para finalizar a cobertura do estádio. Com isso, o novo valor chegou à cifra de R$ 209. 376.483,74.
Paisagismo Para deixar tudo pronto para a Copa de 2014, no entanto, o GDF ainda gastará R$ 360 milhões em paisagismo e urbanização. O projeto divulgado prevê a construção de túneis ligando o estádio ao Centro de Convenções Ulysses Guimarães e ao Parque da Cidade, além de um parque entre o estádio e a Rodoviária do Plano Piloto.

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

%d blogueiros gostam disto: