Copas das confederações, e os cambistas da Terracap.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


O jogo que abriu a Copa das Confederações não rendeu apenas vaias para a presidente Dilma Rousseff e o governador Agnelo Queiroz. Teve cambista agindo como intermediário de figurões da republiqueta manelista buritinense.

Uma lista que circula por distintos gabinetes indica que os ingressos comprados a peso de ouro pela Terracap e destinados a distintas figuras, saíram do cofre para serem vendidos a terceiros nas imediações do Mané Garrincha.

A relação tem nomes de figuras ilustres supostamente convidadas para cadeiras nas tribunas, mas jamais viram a cor do ingresso. O rombo de milhões na empresa de terras fez germinar sementes em bolsos de simonetes.

Quem deveria ter ido mesmo com o convite de mentirinha, mas que assistiu ao jogo pela TV, ficaria horrorizado se por lá aparecesse. Ouviria conversas estranhas do governador com juízes que hoje chutam a canela da oposição.

Depois desse episódio dos ingressos pagos duas vezes, fica claro que em Brasília, em se plantando, não se colhe apenas leite e mel. A escola da mutretagem forma alunos por mãos de mestres que rezam outras cartilhas.


Informou o Notibrás / Imagem: Web

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: