Corpo encontrado na UPA de Ceilândia pode ser de paciente

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


A Polícia Civil tem indícios de que o corpo encontrado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de
Ceilândia
 seja de um paciente. A informação foi dada pelo
delegado Fernando Fernandes, da 19ª DP, após a perícia, finalizada por volta
das 18h. As informações são do Jornal de Brasília. 

“Possivelmente, um paciente psiquiátrico que saiu da UPA e retornou ao
local pelos dutos de ventilação, ou alguém que fugiu sem receber o devido
atendimento”, afirma.

O homem estava com um acesso no braço direito e uma pulseira no braço
esquerdo, segundo Fernandes. Porém, a pulseira não continha informações
pessoais. Segundo o delegado, também não havia documentos de identificação nos
bolsos da calça.



O cadáver foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal
(IML). “Nos próximos dias, estará identificado e poderemos entender melhor
as circunstâncias desse fato”, declara Fernandes.

Versão da Secretaria de Saúde

Apesar do relato do delegado e de funcionários da UPA, a Secretaria de
Saúde nega a informação de que se trate de um paciente.  Em nota, a
pasta confirma a localização do corpo e diz que a Polícia Civil e o Corpo de
Bombeiros e foram acionados para auxiliarem na retirada. A remoção foi
finalizada às 18h20. O homem ainda não foi identificado. Por fim, a
secretaria esclarece que o caso será investigado pela Polícia Civil.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: