Cristovam chama atenção do PT para denúncias contra Agnelo Queiroz.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) pediu ao Partido dos Trabalhadores que analise denúncia contra o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), suspeito de crime contra a administração pública quando foi diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), entre 2007 e 2010. “É uma pena que o Distrito Federal, que já teve um governador que terminou sendo preso, teve que renunciar, e que já teve dois, três senadores que renunciaram, tem agora o governador Agnelo sob suspeição completa” lamentou ele.

O discurso de Cristovam coincide com a posse, na Secretaria de Educação do governo Agnelo, de Marcelo Aguiar, que é filiado ao PDT muito ligado a ele. A manobra objetva atrair à chapa de Agnelo, em 2014, a candidatura ao Senado do atual deputado federal pedetista Antonio Regufe (DF), com apoio de Cristovam. Mas seu discurso mostra que as coisas não estão pacificadas no PDT. Aguiar foi idicado por Cristovam para ser o secretário de Educação de José Roberto Arruda, um dos governadores presos que ele mencionou no dircurso.
A abertura de inquérito contra o governador foi autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), acatando pedido do Ministério Público com base nos resultados da investigação da Operação Panaceia, da Polícia Federal.
Escutas telefônicas revelaram que assessores próximos de Agnelo atendiam representantes do laboratório Hipolabor, com sede em Minas Gerais, para agilizar demandas na Anvisa. Uma agenda com supostos pagamentos ao governador também foi apreendida.
Para Cristovam, o PT, que já escolheu o nome de Agnelo para reeleição no Distrito Federal, trata a denúncia com “desprezo”, mas precisa investigar o caso a fundo em respeito aos eleitores. O parlamentar disse “ficar triste” de ver que o partido não toma nenhuma atitude, como um inquérito interno, para contestar as acusações ou constatá-las e pedir desculpas.
– Em vez disso, [o PT] apenas diz: “achamos que não vai criar problema na eleição porque o processo vai demorar muito” – concluiu.
Informou Diário do Poder

2 Comments

  • Avatar
    Florisbela , 8 de setembro de 2013 @ 07:25

    É incrivel, o senhor Cristovam Buarque, eleito pelos petistas vir com essa onda de honestidade, os brasilienses não esqueceram o pior governo do DF, o dele. Olha quem fazia parte do governo. Toninho do PT (atual PSOL), presidente da CUT. Maninha (atual PSOL), secretária de Saúde. Rodrigo Rollemberg, secretário de turismo. Não fizeram nada pelo povo. Pior, foram eleitos pelo PT. E agora vem com essa onda de honestidade. Detalhe, Reguffe e Rollemberg foram eleitos pelos petistas, pois se fossem depender do povo do PDT, não dava para encher um ônibus. E pior, sonham que os petistas que elegeram eles anteriormente, irão repetir a dose em 2014. Petista que é Petista não vota em traidor, em mesmo Maninha, Toninho, Reguffe, Cristovam e Rollemberg. Se eles são oposição ao PT. Porque será que não largam o osso da presidência da Sudeco?

  • Avatar
    Florisbela , 8 de setembro de 2013 @ 07:31

    Com todo respeito, quem é Cristovam ex-ministro da educação demitido via celular? Ele junto com os secretários da Saúde e Turismo, respectivamente Maninha e Rodrigo Rollemberg com o seu fiel escudeiro Presidente da CUT da época, o senhor Toninho do PT (atual PSOL), fizeram o pior governo da história de Brasília, pois iniciaram uma caça as bruxas e que terminou em nada. Apenas uma paralisia de apenas 4 anos que não fizeram nada. Pior, cospem no prato que comeram, Cristovam, Rollemberg e Reguffe foram eleitos majoritamente pelos petistas. E sonham conseguir a reeleição no ano que vem; a Polarização está feita, os azuis e vermelhos irão se degladiar no ano que vem, não havendo espaços para o PDT, PCO, PSTU, PSOL, PPS e PSB. Pois nem juntandos todos contra Agnelo ou Roriz, dariam para encher um ônibus. Ou irão falar que eles irão sair bem, com essa sopa de letrinhas não irão ter COEFICIENTE ELEITORAL. Quem se lembra do Alemão Canhedo? Foi um bom puxador de votos, mais, a coalisão aonde estava, em vez de somar votos, aconteceu o contrário. E outra, quem é Roriz ou Arruda não vota nem em Cristovam, Reguffe e Rollemberg, pior ainda em Maninha e Toninho do PSOL. Quais os puxadores de votos do PDT e PSB?

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: