Cultura da inovação quebra resistências em Ceilândia.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Ceilândia é hoje o berço de iniciativas que visam primordialmente quebrar as resistências quanto aos benefícios que a cultura da inovação traz para as micro e pequenas empresas, disseminando e induzindo os empresários à adotarem boas e novas práticas de vendas de seus produtos/serviços e melhoria de processos, desenvolvimento de novos modelos de negócios e a implantação de novas estratégias de marketing, visando inovações que elevem a competitividade das empresas no Distrito Federal e junto aos mercados doméstico e fora do pais.
Para tornar tudo isso em prática, o ALI – Agentes Locais de Inovação, projeto do SEBRAE-DF, em parceria com a Associação Comercial de Ceilândia(ACIC), vem oferecendo consultoria gratuita a mais de 600 empresas do ramo varejista, beleza e reparação de automóveis consultoria e diagnósticos gratuitos visando a melhoria dos processos destas empresas.
Os resultados já podem ser observados, pois salões de beleza, estão recebendo informações de como potencializar seus negócios investido na melhoria dos processos do seu melhor ativo, a autoestima. Para o setor de reparação automotiva(oficinas mecânicas), o projeto está ampliando a visão dos empresários no que tange as suas responsabilidades quanto a cultura de segurança no trânsito.
Segundo o presidente da ACIC, Clemilton Saraiva, levar ao empresariado de Ceilândia a experimentar inovação como alavancador de negócios é um trabalho continuo e de muita persistência. De posse deste desafio, a ACIC irá lançar no dia 15 de setembro de 2011, às 19:30, em conjunto com o SEBRAE-DF, na sua sede no centro de Ceilândia, o SEBRAE DESCENTRALIZADO, um outro projeto que irá proporcionar o oferecimento de cursos de capacitação em gestão para as pequenas e medias empresas de Ceilândia. A partir dai toda a infraestrutura da ACIC será colocada a disposição das empresas capacitação para seus empregados em cultura de inovação, ou seja, melhoria de processos, redução de custos e melhor atendimento aos consumidores.

Associação Comercial de Ceilândia (ACIC)

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: