Dança das secretarias no GDF .

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Dança das secretarias no GDF Foto: Thyago Arruda

Cristiano Araújo deve ir para a Secretaria do Trabalho, embora Gim Argello quisesse a de Desenvolvimento Econômico. PDT pode ganhar em troca a Secretaria da Habitação, chefiada por Geraldo Magela. E para onde vai Magela?

 
Priscila Mesquita_Brasília247 – O deputado distrital Cristiano Araújo (PTB) foi à China com o governador Agnelo Queiroz pensando que poderia voltar secretário de Estado. Os cinco dias ao lado do governador, porém, não foram suficientes para que as negociações fossem concluídas. Cristiano, Agnelo e comitiva desembarcaram em Brasília no início da noite de segunda-feira e as conversas ainda continuarão nos próximos dias.
A maior possibilidade é o deputado assumir a Secretaria do Trabalho que, no fundo, é a que prefere. O senador Gim Argello, considerado “tutor político” de Cristiano, queria a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, chefiada pelo petista Jacques Pena, mas essa hipótese está descartada. Aliados de Agnelo entendem não ser recomendável entregar a pasta a outro partido, pois ela coordena o Pró-DF, programa que concede benefícios fiscais e que está sendo investigado por suspeitas de corrupção que envolvem empresários e autoridades de governos anteriores.
Durante a viagem, Cristiano deixou claro a Agnelo, mais uma vez, que a possibilidade de ocupar a Secretaria de Juventude está descartada. Ele considera essa hipótese absolutamente fora de cogitação.
Cristiano acha que a Secretaria do Trabalho é uma pasta mais afinada com seu projeto político. No governo de Rogério Rosso, um aliado de Cristiano foi indicado para o cargo: Takane Kitsuka do Nascimento.  A avaliação do GDF é de que o desempenho do secretário do Trabalho, Glauco Rojas –indicado pelo deputado Israel Batista (PDT) – não vem sendo muito expressivo.
Por isso, Agnelo deve negociar outra pasta com o presidente do partido, George Michel, com quem tem uma reunião agendada para esta terça-feira. Uma das possibilidades é oferecer ao PDT, em troca da Secretaria do Trabalho, a Secretaria de Habitação, hoje comandada pelo petista Geraldo Magela. Como a Agnelo não interessa brigar com Magela, que é deputado federal, será preciso encontrar um outro lugar para ele.
Essa articulação passaria por Michel, pelo deputado Israel Batista e pelo senador Cristovam Buarque, que Agnelo tenta reaproximar de seu governo. Cristovam apoiou Agnelo na eleição, mas se afastou por não ter indicado o secretário de Educação.

Fonte : Brasília 247

1 Comment

  • Avatar
    joao , 16 de agosto de 2011 @ 16:08

    nossa isso e uma vergonha quero ver ate onde isso vai parar

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: