DCEs se unem com Secretaria de Justiça em campanha de doação de sangue.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


O projeto Voluntário Cidadão, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejus), promove mais uma ação nesta sexta-feira (5/4), às 14h. Os Diretórios Centrais de Estudantes (DCEs) da Universidade de Brasília (UnB) e do UniCeub e a equipe da Subsecretaria de Mobilização Social da Sejus – que tem a missão de organizar a mobilização de políticas de voluntariado no Distrito Federal – farão um mutirão para doação de sangue.


A ideia, segundo o subsecretário Kaká Guimarães, é que os DCEs levem universitários para participar da campanha. “Estaremos, assim, estimulando a responsabilidade social e o voluntariado. Vemos a ação como um estímulo a doação de sangue”, ressaltou Kaká.

Rafael da Escóssia, coordenador de Prevenção, Política e Movimentos Sociais do DCE/UnB, destaca que essa é uma união inédita por uma causa nobre e solidária, mobilizando as pessoas pelo social. 

Para Yasser Rocha, tesoureiro do DCE/Uniceub, ações como esta são de grande importância. “Uma pessoa doando sangue pode salvar até quatro vidas. Infelizmente, nem todos tem a consciência para doação. São nessas campanhas que conseguimos levar mais pessoas”, enfatiza. 

O projeto

O projeto Voluntário Cidadão é uma iniciativa da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania do GDF que tem como intenção organizar a mobilização de políticas de voluntariado no Distrito Federal.

Por meio da Subsecretaria de Mobilização Social, cidadãos voluntários podem se cadastrar para participar de atividades em instituições e comunidades carentes. 

Para ser voluntário, não é preciso ser especialista em nenhum assunto nem dedicar tempo integral a essa atividade. O requisito básico é apenas a disponibilidade para fazer o bem, reconhecendo a importância desse trabalho para a sociedade. 
É importante lembrar que o trabalho voluntário não consiste apenas em arrecadar doações materiais. A atenção pode ser o maior donativo em muitos casos. Uma visita em um asilo para conversar com um idoso, ou a uma criança em tratamento em um hospital, fazer uma brincadeira e arrancar um sorriso dela. 
Para se inscrever, basta entrar em contato pelo e-mail

[email protected] ou pelo telefone: (61) 2104-1937.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: