Defesa Civil declara estado de alerta no Distrito Federal

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Após uma avaliação das variações climáticas, a Secretaria de Proteção e Defesa Civil do Distrito Federal declara o Estado de Alerta, em razão da existência de situação anormal, caracterizada pela baixa umidade e o tempo seco, que requerem maior atenção da população com os cuidados com a saúde.

De acordo com Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), na terça-feira (26), a umidade chegou aos 18%, na quarta-feira (27), atingiu 17% e hoje o índice foi repetido. Ainda segundo o Inmet, a tendência para esta semana é de que as condições climáticas permaneçam em níveis prejudiciais à saúde humana.
“Deve-se ter cuidados especiais com as crianças, dentro e fora das escolas, e com os idosos, mais suscetíveis a problemas respiratórios. Além disso, os profissionais que trabalham expostos ao sol, como garis, carteiros e operários da construção civil, devem se proteger a fim de evitar danos na pele e desidratação”, orienta o coronel Luiz Carlos Ribeiro, da Defesa Civil.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) estabelece a adoção de algumas medidas preventivas quando a umidade relativa do ar fica abaixo dos 20%. Com isso, a Secretaria de Defesa Civil recomenda a adoção dos seguintes procedimentos de orientação à população:
• Observar todas as recomendações do estado de atenção;
• Ficam suspensas, em todas as unidades de ensino da rede pública do Distrito Federal, quaisquer atividades físicas ao ar livre, entre 10h e 17h;
• Todos os órgãos da administração direta e indireta do Distrito Federal deverão adotar medidas necessárias para organizar seus serviços, em vista de minimizar os efeitos da seca, prevenindo qualquer agravo à saúde dos seus servidores e da população.
•Nas instituições em que forem percebidos sinais de agravo à saúde, como tosse, falta de ar, mal-estar, a Defesa Civil também recomenda a suspensão das atividades, mas a decisão de liberar funcionários ou estudantes fica a cargo dos estabelecimentos e seus diretores.
No prazo de 72 horas a Defesa Civil divulgará avaliação quanto ao Estado de Alerta e à necessidade de eventuais novas medidas.

Agência Brasília / Imagem reprodução web

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: