Defesa Civil faz vistoria na UnB. Prejuízo deve ultrapassar os R$ 3 milhões

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
A situação pela qual passa a Universidade de Brasília (UnB) é considerada extremamente grave pela a Defesa Civil, que passou o dia de ontem fazendo vistoria no local. Ainda não se sabe qual foi o prejuízo causado pelo alagamento que inundou o subsolo do Instituto Central de Ciências (ICC), na tarde de domingo, mas estimativas iniciais calculam que esse valor deve ultrapassar os R$ 3 milhões. As aulas, que precisaram ser interrompidas, só devem ser retomadas amanhã.


O  reitor da UnB, José Geraldo de Sousa Junior, informa que um dos principais motivos que levaram a Defesa Civil a interditar todo o prédio, conhecido como minhocão, é o  risco eminentes de choque. “A parte elétrica foi comprometida. Uma das primeiras medidas que tomamos foi chamar um engenheiro elétrico para avaliar a situação e garantir a segurança até dos profissionais que estão trabalhando nas áreas atingidas”, informa o coronel Vicente, engenheiro da Defesa Civil, que também garante que, embora a situação seja catastrófica, o volume de água não prejudicou a estrutura do prédio. “Algumas paredes desabaram, mas o prédio não corre o risco de desabar”.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: