Defesa Civil isola depósito do Tatico em Ceilândia por 72 horas para monitorar riscos de desabamento.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Defesa Civil do Distrito Federal isolou, por 72 horas, o depósito do Supermercado Tatico, que pegou fogo nesta segunda-feira (28), em Ceilândia, no Distrito Federal. Segundo o subscretário de Operações, coronel Sérgio Bezerra, somente após esse prazo será possível entrar no estabelecimento sem risco de desabamento.
Ainda de acordo com Bezerra, funcionários da Defesa Civil farão inspetoria a cada 24 horas para garantir a segurança do local.  

  

Sérgio Bezerra disse ainda que a laje do andar superior, onde ocorreu o incêndio, terá de ser demolida. Ele ressalta que, apesar de o andar inferior não ter sido afetado pelas chamas, há risco de desabamento.   
— Isolamos toda a área afetada porque, na verdade, a laje da cobertura desabou, e também algumas vigas e pilares. Ela [a laje] terá que ser demolida porque foi gravemente afetada pelo incêndio. A laje inferior não foi afetada, mas como ela está toda carregada pela margem superior, isolamos para ver se haverá desabamento da estrutura ou não.   
O subscretário explicou ainda que apenas após o prazo de 72 horas os funcionários estarão liberados para entrar no estabelecimento para retirar os produtos.   
— A Vigilância Sanitária é quem vai definir se o alimento pode ser vendido em outros supermercados.   
O depósito do supermercado que pegou fogo fica na QNN 01, centro de Ceilândia, e é utilizado para o estoque de papel higiênico, fraldas, arroz, feijão e outros produtos comercializados no mercado. O prédio fica em uma área comercial com prédios residenciais a cerca de 100 metros.  
Moradores de prédios vizinhos tiveram a energia elétrica interrompida nesta segunda-feira (28) para não haver risco de novos incêndios. Outros moradores foram aconselhados a deixar seus apartamentos por algumas horas para não inalarem fumaça tóxica, risco maior para idosos e crianças.     
O CBMDF (Corpo de Bombeiros Militar do DF) convocou 170 militares e 23 viaturas para conter as chamas. O trabalho durou 16 horas.  Os bombeiros aguardam permissão da Defesa Civil para entrar no local e ver se há vítimas. Até o momento, não há registro de feridos.     
— A gente só vai poder fazer uma confirmação de que não há vítima quando entrar no local, afirmou o coronel Alvarenga, que comandou a operação do CBMDF.     
O supermercado Tatico já que teve o alvará de funcionamento cassado pela Agefis (Agência de Fiscalização), em setembro do ano passado, por ocupação de área pública. Dos nove mil metros quadrados construídos, pouco mais de um terço está em área pública. O supermercado acumula R$ 100 mil em multas por descumprimento dos autos da Agefis.   
Por R7

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: