Delegado preso por receber propina em Ceilândia é solto.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Por decisão da 1ª Turma Criminal, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), o delegado Severo Benício ganhou liberdade na noite dessa segunda-feira (8/10).
O investigador estava preso desde o último 28/8 em uma cela especial na Divisão de Operações Especiais (DOE), da Polícia Civil. Severo, investigado pela Corregedoria da própria corporação, é suspeito de ter recebido propina para permitir que grileiros parcelassem terrenos públicos e privados. Teria ainda intimidado testemunhas ao longo das investigações.



De acordo com o advogado do delegado, André Luiz Figueira Cardoso, o pedido de habeas corpus foi feito logo após a prisão de Severo: “A Turma Criminal entendeu que não havia motivos para que ele (o delegado) ficasse preso preventivamente e determinou a soltura”.



Por meio de nota, a Direção-Geral da Polícia Civil do DF informou que o delegado não será afastado das investigações. A justificativa é que a corporação não recebeu um pedido judicial determinando o afastamento de Severo Benício. Com isso, o policial deverá ser escalado nos próximos dias para o plantão de alguma delegacia.
Informações do Correio Web.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: