Demissão em massa em Águas Lindas de Goiás

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O prefeito Geraldo Messias baixou um decreto em que pelo menos 50% dos contratados deverão ser mandados em bora.

TVCMN – Dezenas de contratados da prefeitura estão revoltados com um decreto do prefeito Geraldo Messias que determinou que pelo menos  50% dos contratados fossem mandados embora.

Segundo informações que foram passadas a nossa redação pela prefeitura é de que os cortes é para prestação de conta e entregar a prefeitura ao próximo prefeito com as contas em dias.

Já o pessoal que passaram nos concursos públicos do município, o objetivo é fazer a nomeação agora no mês de Novembro.
Para os desempregados fica a indignação já que a maioria deles tinham contas a pagar e não sabem o que vão fazer. Os setores atingidos pelo decreto foram os da saúde, educação e administração.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: