Deputado Professor Israel quer melhorias para a Escola Superior de Ciências da Saúde

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Estudantes e professores do curso de Enfermagem da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS) reuniram-se, nesta quinta-feira 15, na Câmara Legislativa para participar de audiência pública promovida pelo deputado Professor Israel.

O encontro, com o objetivo de discutir problemas estruturais e administrativos da instituição, rendeu longo debate e terminou com uma boa notícia: a concessão de um terreno, em Samambaia, para a construção do campus definitivo. Há três anos, os alunos estão acomodados em uma unidade provisória.

A área destinada pela Administração Regional da cidade tem 12.680 m² e fica localizada a 150 metros da estação do metrô – umas das reivindicações dos estudantes é a dificuldade de acesso ao endereço atual, na quadra 301 de Samambaia Sul. O anúncio da doação foi feito durante o evento, que lotou o plenário da Casa. Além disso, a biblioteca ganhará títulos novos a partir da próxima semana.
A estudante do 4º ano de Enfermagem Suzana Rodrigues agradeceu a oportunidade e afirmou que a audiência proporcionou visibilidade para a instituição. “Pudemos expor nossas demandas e ouvir resposta das autoridades competentes”, comemorou.
O deputado Professor Israel chamou atenção dos presentes para o compromisso social desempenhado pela ESCS em formar profissionais que atendam preferencialmente cidadãos na rede pública de saúde. “O Estado deve dar atenção e investir nesta escola. O dinheiro público aplicado não é um gasto, mas um grande investimento”, considerou. 
Para o presidente do Centro Acadêmico de Enfermagem, Antônio Bernardo, a audiência permitiu estabelecer uma nova relação entre a ESCS e a sua mantenedora, a Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (FEPECS). “A partir das discussões de hoje, criou-se uma expectativa de que a enfermagem seja, de fato, um curso reconhecido”, disse.
Participaram da mesa da audiência o secretário em exercício de Estado de Saúde do DF, Elias Fernando Miziarra; o diretor-executivo da FEPECS, Luciano Carvalho; o diretor da ESCS, Mourad Ibrahim Belaciano; e a coordenadora do curso de graduação em Enfermagem da ESCS, Leonora de Araújo Pinto Teixeira.

Assessoria de Imprensa Dep. Israel

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: