Descubra porque Ceilândia acaba de se tornar o mais importante polo turístico do DF

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


Ceilândia concentra alguns problemas sociais que se arrastam pelo tempo. A cidade ainda detêm  um dos piores hospitais públicos do Distrito Federal. Por lá falta médico, remédios e atendimento minimamente decente.

Ceilândia também tem um dos maiores índices de criminalidade do DF.

Em dias de chuva, muitas ruas da cidade se transformam em rios urbanos. Ou em  enormes piscinas, como aconteceu debaixo do viaduto que está sendo reformado, na Ceilândia Norte – local onde morreram duas pessoas afogadas

Outra coisa comum na cidade é ver pontos de ônibus sem cobertura. Paradas tortas foram distribuídas por todo o DF, mas Ceilândia ganhou poucas. Muitos passageiros esperam ônibus ao relento, mesmo.
E verdade seja dita: transporte público é um dos piores serviços públicos oferecidos ao povo de Ceilândia. 
É comum esperar até duas horas por um ônibus, e isto sem direitos a reclamações, já que o DFTrans não se importa em ouvir passageiros.  A linha 331, por exemplo, sofreu baixas depois da inauguração do Metrô, mesmo que muitos usuários desta linha morem no Setor O, lugar onde Metrô não chega.


Mas Ceilândia não é apenas reduto de serviços públicos ruins, c

om mais de 500 mil habitantes, o  comercio de Ceilândia é um dos mais prósperos do Distrito Federal, respondendo a 25%  de toda a arrecadação do DF.

As feiras de Ceilândia são um dos melhores lugares para as compras populares. Na Feira da Ceilândia Centro, além de roupas e utensílios, é possível comer pratos típicos do Nordeste à vontade. ( Nada de citar  a  Feira do Rolo – foto acima -, que funciona em off, e só existe oficialmente em dias de batida policial).

Mas o melhor produto de Ceilândia não tem sido bem usado pelos moradores da cidade.

O melhor de Ceilândia são os eleitores.

Ceilândia possui o maior colégio eleitoral do DF e isto faz da cidade a região preferida quando chega a temporada de caça aos eleitores.

Por isto Ceilândia – a cidade esquecida entre uma eleição e outra – é o ponto turístico  preferido dos políticos de Brasília.

Ponto turístico, já que Ceilândia só é lembrada e visitada  pela maioria dos políticos do Distrito Federal  a cada 4 anos.
Por DF Capital

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: