Detran afirma que zerou acidentes fatais na via Hélio Prates, em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Em 2015, a via Hélio Prates
(MN01), no trecho que passa pela cidade de Ceilândia, foi a que mais registrou
acidentes de trânsito com óbitos, no perímetro urbano. Foram seis acidentes,
que resultaram em oito mortes. Além disso, foram registrados 102 acidentes de
trânsito com feridos. No início do ano, a Gerência de Estatísticas de Acidentes
de Trânsito do Detran (Gerest) realizou um estudo para identificar os pontos
críticos da via, ou seja, onde ocorreram os acidentes, e possibilitar uma
atuação mais direcionada do Departamento. As informações são do Detran-DF.

Com base no estudo
estatístico, equipes da fiscalização de trânsito intensificaram as operações de
patrulhamento e ponto de controle de tráfego, em especial nos locais
considerados críticos. As ações contínuas e focadas, principalmente, nos
horários que mais ocorreram acidentes, possibilitaram um comportamento mais
prudente dos condutores. A Engenharia revitalizou a sinalização horizontal e
vertical do local para garantir mais visibilidade, além de revisar os tempos
semafóricos.

O trabalho desenvolvido pelo
Detran, por meio da Gerest, da Fiscalização e da Engenharia, zerou a ocorrência
de acidentes de trânsito fatais na via MN01, em Ceilândia. Em 2016, não foi
registrada nenhuma morte. Quanto aos acidentes de trânsito com feridos, de
acordo com dados preliminares, até novembro deste ano foram registradas 89
ocorrências não fatais, uma redução de 12,7%.

Para o próximo ano o
Departamento dará continuidade aos estudos, buscando a realização de
intervenções direcionadas aos pontos críticos para reduzir os acidentes e
mortes no trânsito. 

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: