Eleições Entorno: Roller pode enfrentar 2 candidatos do governo em Formosa.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Procurador-geral de Goiânia, Ernesto Roller deve deixar o PP e
migrar para um partido de oposição ao governador Marconi Perillo

O prefeito de Formosa, Pedro Ivo (PP), pode vir a disputar a eleição com o deputado Itamar Barreto, que deve trocar o DEM pelo PSD, e com o procurador-geral de Goiânia, Ernesto Roller, que vai migrar do PP para um partido de oposição ao governador Marconi Perillo (PSDB) — provavelmente PSB, PDT ou PMDB. Dono de cartório em Brasília e disposto a gastar muito dinheiro na campanha, Itamar Barreto já anunciou que é candidato a prefeito independentemente de, no âmbito nacional, fazer parte do mesmo grupo de Pedro Ivo. Isso pode criar uma saia justa para o governador, que tem a seu lado os padrinhos políticos dos dois candidatos: Roberto Balestra (PP), de Pedro Ivo, e o secretário da Casa Civil, Vilmar Rocha, (DEM), de Itamar Barreto. As duas candidaturas dividem o apoio do governo e uma pode acabar minando a outra na cidade. Itamar Barreto ainda corre o risco de ser punido por trocar a Assembleia pela candidatura a prefeito. No passado, a população de Formosa não aceitou quando o então deputado Mário Filho (PMDB) quis deixar a vaga de deputado da cidade para ser prefeito. Itamar pode incorrer no mesmo erro se sair candidato no ano que vem, uma vez que acabou de ser eleito deputado estadual. Esta seria sua quarta derrota para prefeito na cidade.

Na oposição, o problema é a ida do PT para a base do prefeito Pedro Ivo. Considerando que o PT quer lançar candidato a governador em 2014 contra Marconi Perillo, a aliança do PT com o PP em Formosa é um entrave ao projeto petista em uma das principais cidades dos Entorno. O PT fortalece o futuro adversário. Em Formosa, o PT não tem um grande peso político, mas o partido tem tempo e propaganda em rádio e acesso livre ao governo federal. Até agora, a aliança entre PP e PT é apenas administrativa e ninguém afirma que vá se estender ao campo político. Ernesto Roller só sai candidato se tiver do seu lado todos os partidos de oposição: PMDB, PT, PSB, PDT, PTN, PSC, PR, PV e PC do B.

Jornal Opção

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: