Em Ceilândia, Sejus recolhe armas da Campanha Arma Não é Brinquedo

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejus-DF), através da subsecretaria de Proteção às Vítimas de Violência (Pró-vítima), recolhe amanhã, dia 20/06, as armas de brinquedo da Campanha Arma Não é Brinquedo, Dê Livros. A ação será em conjunto com a Polícia Militar do Distrito Federal e irá visitar 10 escolas públicas e privadas.

A estimativa, segundo a Subsecretária Valéria Velasco, é de recolher 500 armas. Das armas recolhidas será feita uma escultura. O artista que fará a obra ainda está sendo escolhido. cerca de 7 mil crianças de 10 escolas públicas e privadas de Ceilândia participam do projeto. 
Para o secretário de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania do DF, Alírio Neto, a campanha pode tornar o Brasil um país de cultura de paz. “Queremos fazer de nosso país um lugar onde a cultura das pessoas seja associada à paz, sem violência”, ressalta Alírio.
A campanha foi lançada no dia 15 de abril de 2013, Dia do Desarmamento Infantil. A intenção é de que ela incentive um comportamento pacífico nas ações da sociedade, principalmente na resolução de problemas a partir de pequenas atitudes, como a troca de brinquedos que estimulem a violência por livros.
Serviço: Recolhimento de armas da Campanha Arma Não é Brinquedo, Dê Livros Data: 20/06
Local: concentração no Núcleo do Pró-Vítima Ceilândia localizado no endereço EQNN 05/07 Ceilândia Norte
Horário: 8h

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: