Entorno-DF: Indecisos desmentem polarização

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Vice-prefeito de Valparaíso, Adolfo Lopes: indecisos vão
mudar o cenário
Com o cenário eleitoral de Valparaíso em marcha lenta, tendo de um lado a prefeita Lêda Borges (PSDB) tentando a reeleição e de outro a professora Lucimar Nascimento (PT) alinhavando apoios, ambas ainda não conseguiram empolgar os eleitores, conforme levantamento interno de vários partidos. A queda de braço entre as duas professoras pode beneficiar o “Paladino da Ficha Limpa”, como tem sido tratado pela população o vice-prefeito Adolfo Lopes (PMN).

Conforme análise do tesoureiro do PMN, Antônio Júnior, “a professora Lucimar está em pré-campanha há três anos, no mínimo, e ainda não conseguiu fechar um leque de apoio”.

Antônio avalia que essa dificuldade de Lucimar em sacramentar uma aliança consistente com os partidos acaba refletindo no eleitor, por isso o crescente número de indecisos. “Está provado que não existe a tal polarização entre a prefeita e Lucimar. Se fosse assim, ambas teriam fechado apoio com vários partidos e ,então, Adolfo Lopes não teria nenhuma chance”. O argumento de Antônio Junior é reforçado pelas legendas que já conversaram com ele, como a própria Lucimar, Beto e Erasmo, do PMDB, o ex-prefeito José Valdécio (PSC), Elifas Barro,s do PTdoB, e o DEM.

“As pessoas que me conhecem, sabem que esta é a hora de mudarmos a história de Val­paraíso. Estou encarando este processo político movido pelo amor a esta cidade e sua gente. Sonho com mudanças nas práticas políticas e de gestão que beneficiem todos e não só o grupo que está no poder. Estou otimista, principalmente pelo estímulo que venho recebendo das pessoas que encontro nas ruas e em minhas andanças”, frisa Adolfo.

O grupo que dá sustentação à campanha de Aldolfo Lopes tem nomes representativos na economia local, como o presidente da Associação Comercial e Industrial de Valparaíso, Etevaldo Silva, e duas empreiteiras. “Adolfo vem desmistificando esta história de que a polarização é entre Lêda e Lucimar. Todas as duas já bateram no teto das pesquisas e não conseguiram derrubar os números de rejeição. Portanto, temos uma grande via para trafegar nossas ideias e proposta de governo para Valparaíso”, resume An­tônio Júnior.

Jornal Opção.


Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: