Escolas em tempo integral na pauta da Secretaria de Educação-DF

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A bancada do PT na Câmara Legislativa estiveram nesta terça-feira (22) na Secretaria de Educação para conhecer os detalhes das metas para a Educação do governo Agnelo Queiroz. As principais ações apresentadas foram a implantação das escolas em tempo integral e da Gestão Democrática do Ensino Público, o combate ao analfabetismo e a informatização dos dados da Secretaria.
A educação integral deverá começar ainda este ano, nas áreas de menor Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do DF – Sol Nascente, Itapoã e Estrutural. O governo promete também construir 50 creches, com capacidade para atender 11 mil crianças, ainda este ano. O número corresponde a apenas 10% do total da demanda, de 110 mil crianças de zero a três anos. A meta do GDF, no entanto, é construir uma creche em cada cidade até o final do governo.
Os deputados ouviram também sobre a necessidade de formação e valorização dos profissionais de educação, assunto que interessou diretamente a distrital Rejane Pitanga, ex-presidente do Sinpro-DF. “Com educação de qualidade e profissionais valorizados podemos avançar em todas as outras áreas”, defendeu a parlamentar.
Os deputados saíram animados. Prontos, inclusive, para defender a secretária de Educação, Regina Vinhais. Nos últimos dias, ela foi alvo de especulações sobre sua manutenção no cargo. As conversas tratavam inclusive de que Pitanga seria a escolhida para ocupar seu lugar. Governo e deputada tratam o assunto como boataria, fruto de um fogo amigo insatisfeito com a escolha de Vinhais para a pasta. A escolha de uma profissional desvinculada do GDF e dos grupos políticos que hoje compõem a categoria na rede pública teria desagradado até mesmo a petistas da área.
Blog da Paola.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: