Espetáculo “Através de ti” estréia em Taguatinga

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Os contrastes da vida de uma travesti adolescente em nova montagem do
grupo CHIA, LIIAA!


Temáticas com pouca visibilidade
na sociedade contemporânea, e materiais instigantes para a elaboração
artística. Com esse lema, o grupo CHIA, LIIAA! apresenta ao público mais uma montagem
teatral. O ator Pedro Silveira dá vida à travesti Pollyanna Lolyta, na montagem
“Através de ti”, que estreia no dia 02 de agosto, no teatro Sesc Paulo Autran,
em Taguatinga. A entrada é franca e a classificação indicativa de 14 anos. 


Escrita e dirigida por Fernando
Villar, “Através de ti” conta a vida da personagem fictícia Pollyanna Lolyta,
de 16 anos. Consciente de sua dura realidade, mas sem deixar de sorrir,
Pollyanna divide com a plateia o dia a dia de uma travesti: prostituição,
hormônios, silicones, exploração, drogas, relacionamentos amorosos, morte.

Segundo o teórico alemão
Hans-Thies Lehmann, o teatro é político quando consegue mudar a percepção sobre
algo. O CHIA, LIIAA! busca com a peça humanizar as travestis e assim construir
o respeito à diversidade.

Pollyanna Lolyta é baseada em uma
travesti real, levada aos palcos pelo mesmo grupo em 2010, na montagem “Trajetória
‘X’”. PL, como ficou batizada, fazia parte de um grupo de crianças e
adolescentes ouvido pelo Grupo Violes, do Serviço Social da Universidade de
Brasília, sobre exploração sexual. Em “Através de ti”, a personagem ganha novos
contornos e histórias, tendo como pano de fundo a realidade descrita por PL nas
entrevistas ao Violes.

Apesar da vida árida, longe da
família, que nunca a aceitou, a resiliência de Pollyanna e suas atitudes criam
empatia e mostram que uma travesti pode ser, e é, como qualquer outra pessoa no
mundo que trabalha, sofre, sorri, e, sobretudo, sonha.

“Através de ti” conta esse
percurso de vida de Pollyanna em uma encenação calcada no trabalho de ator de Pedro
Silveira, que com apenas 24 anos de idade, já participou de cerca de 40
espetáculos. Formado pela Universidade de Brasília, com prêmios nacionais no
currículo, Pedro foi bolsista do CNPq, orientado por Fernando, em uma pesquisa
científica intitulada “Performatividades Travestis: Longa Trajetória ‘PL’”, que
serviu de base teórica para “Através de ti”.

Fernando Villar, que assina a
dramaturgia e a direção, é graduado em Artes Plásticas pela UnB, onde faz parte
do quadro de professores da graduação e pós-graduação em Artes Cênicas. Com trabalhos
com diferentes grupos e escolas do Brasil, Américas e Europa e especialização
em direção e PhD em teatro e performance, ambos em Londres,  Inglaterra, Villar construiu “Através de ti”
com auxílio de uma equipe multidisciplinar. Na assistência de direção ele conta
com Júlia do Vale, atriz e mestranda em Arte Contemporânea na UnB. O cenário é
assinado por Maria Carmen, diretora artística do teatro Goldoni e fundadora do
NAC- Núcleo de Arte e Cultura, com diversos prêmios no currículo. A doutora em
Artes Cênicas pela UFBA e professora do Colegiado de Artes Cênicas da Faculdade
de Artes do Paraná, Amabilis de Jesus, responde pelo figurino.  Já as projeções multimídias, muito presentes
em todo espetáculo, são de responsabilidade da artista visual Mônica Luni,
atualmente residindo em Oslo (Noruega), onde trabalha com o Black Nordisk
Teatret. O produtor audiovisual, radialista e músico profissional, Glauco Maciel,
assina a direção musical da montagem. Por fim, para a iluminação, o CHIA,LIAA!
convidou o baiano Pedro Benevides, destaque da nova safra de profissionais do
estado, tendo recebido indicações e prêmios por sua atuação na cena baiana e
que, desde o começo de 2015, integra o quadro docente da UnB.

Além da apresentação aberta ao
público, no dia 02 de agosto, o CHIA, LIIAA! encena “Através de ti” para alunos
de escolas públicas nos dias 03 e 04, no mesmo teatro Sesc Paulo Autran, antes
de futura temporada em Brasília.


CHIA, LIIAA!

O CHIA, LIIAA! com atores
graduados na Universidade de Brasília, e o Chia Lia Jr., com graduandos, são os
braços artísticos do LIIAA – Laboratório Interdisciplinar de Investigação e
Ação Artística, criado em 2007 e coordenado pelo artista e professor Fernando
Villar, do Departamento de Artes Cênicas da UnB.

A ideia do coletivo é integrar
ação, reflexão e investigação artística, dentro e fora do campus universitário.

As últimas montagens do grupo incluem
o solo “Ivan e os Cachorros”, estrelado por Eduardo Mossri, com equipe de
encenação paulistana; ‘Trajetória “X”’; e ‘Trajetória “PL”’. O primeiro
espetáculo estreou em 2011 em São Paulo, esteve no Brasília Cena Contemporânea
2011 e, passou por dezenas de cidades brasileiras ate 2014. Já ‘Trajetória “X”’
fez sua primeira encenação em maio de 2010, no Museu Nacional da República,
dentro da programação do Dia Nacional de Luta contra o Abuso e Exploração
Sexual de Crianças e Adolescente. No ano seguinte, o grupo participou do Festival
Internacional de Teatro Universitário de Blumenau, onde Pedro venceu como
melhor ator por sua interpretação de PL. Em 2012, o CHIA, LIIAA! circulou por
cinco cidades do DF com a montagem.

‘Trajetória “PL”’ estreou no
Teatro Amazonas em Manaus em maio de 2012, quando recebeu o prêmio de Melhor
Abordagem de Temática Contemporânea do Festival de Cenas Breves. A peça curta,
que é derivada de ‘Trajetória “X”’, também esteve no Festival de Cenas Curtas
do Grupo Galpão de Belo Horizonte (MG) e no Festival de Cena Curtas de Curitiba
(PR) este ano.


FICHA TÉCNICA
Direção e dramaturgia: Fernando
Villar
Atuação: Pedro Silveira
Assistência de direção:
Júlia do Vale
Cenografia: Maria Carmen
Figurino: Amabilis de Jesus
Multimídia: Mônica Luni
Música: Glauco Maciel
Iluminação: Pedro Benevides
SERVIÇO:
“Através de
ti”
Data: 02
de agosto de 2015
Local: teatro
Sesc Paulo Autran
Endereço: Endereço:
CNB 12, AE 2/3
Horário: 20h
Classificação
indicativa: 14 anos
ENTRADA
FRANCA
Informações:
Pedro Silveira: (61) 8608-8933
Gisele Tressi: (61) 8222-2031

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: