Estudantes ocupam Administração de Ceilândia para reivindicar reforma em escola

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

[Redação DC] Na manha de hoje (24), alunos do Centro de Ensino Médio 10 do Setor P Sul de Ceilândia, ocuparam a Administração Regional de Ceilândia​ reivindicando agilidade na reforma da escola. Interditada desde o início do ano, cerca de 850 alunos(as) aguardam as obras de reforma na escola. Desde a interdição da escola, os estudantes têm aulas no Centro de Ensino Fundamental 29, no Setor de Oficinas de Ceilândia. O deslocamento leva cerca de 20 minutos e a direção da escola decidiu diminuir de seis para cinco aulas diárias. 

Em janeiro, o diretor da regional de ensino da Ceilândia, Marcos Antônio Sousa, afirmou que o transporte dos alunos para outra escola poderia gerar um gasto de até R$ 1 milhão até o final do ano. Sousa diz que ainda não é possível saber uma estimativa do gasto total, uma vez que não há prazo de entrega da escola.  

Uma comissão de alunos foi recebida por Sérgio Bezerra, chefe de gabinete da administração.



Deixe uma resposta

Posts Relacionados

%d blogueiros gostam disto: