Estudantes participam do ciclo de palestras Brasil-Portugal 511 anos

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Evento debateu o racismo, em alusão à semana em que se comemoram os 123 anos da abolição da escravatura no País, e teve o deputado Professor Israel Batista como um dos organizadores


Foto: Camila Maxi

Alunos da rede pública de ensino do Distrito Federal participaram do ciclo de debates “Brasil/Portugal, 511 anos – Nossas raízes passam por aqui”, que aconteceu, nesta quinta-feira (12), na Embaixada de Portugal. Eles conheceram um pouco mais da história dos dois países e ainda puderam debater sobre racismo, em alusão à semana em que se comemoram os 123 anos de abolição da escravidão no Brasil.
As palestras tiveram como tema central as relações entre Brasil, Portugal e África “Hoje, no Brasil temos um preconceito velado que precisa ser combatido. Se a juventude decidir combater o racismo, será uma questão superada. Os jovens tem grande potencial para lutar por uma causa, são os que podem mudar a realidade do país”, defendeu o deputado Professor Israel Batista, um dos organizadores do ciclo de palestras.
O evento, também dedicado às celebrações do ano Brasil-Portugal, que acontece em 2012, contou com apresentações artísticas que mesclaram as culturas africana e brasileira, com o grupo de capoeira da ONG Mãe África, da Ceilândia. E uma palestra com o professor Aurélio Araújo, diretor da Escola do Poder Legislativo do DF, que falou das semelhanças entre os três países, e da experiência pessoal na África, em Maputo, capital de Moçambique, onde atuou como voluntário.
“É importante perceber que a diversidade é necessária, gera valores e desenvolve melhor as relações pessoais”, contou Aurélio, que deixou um recado para os jovens, também contra o racismo: “Quando mudamos nossa atitude, mudamos o mundo”.
A aluna do 3º ano do Centro Educacional 04, do Guará, Jhadylla Estephane Paes do Prado Oliveira, 17 anos, disse que foi muito importante participar do evento junto com seus colegas. “Uma pena ainda existir preconceito nos dias de hoje. O racismo deve acabar. E, para isso, é importante conhecer mais as nossas raízes. Somos todos iguais”, defendeu a estudante. Alunos das escolas 404 de Santa Maria e 9 de Ceilândia também participaram do encontro.
Ano de Portugal no Brasil
É um programa em parceria entre os dois países, para divulgação da literatura portuguesa no Brasil e vice-versa, que acontecerá durante ao longo de 2012, ano da parceria cultural Brasil-Portugal. A programação inclui diferentes atividades, além de um ciclo de conferências em várias localidades do Brasil, com autores portugueses e brasileiros.

Assessoria de Imprensa do Deputado


Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: