Estudantes voltam a protestar contra mudança de escola em Ceilândia.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram



Cerca de 500 alunos do Centro Educacional 07, em Ceilândia  voltaram a protestar nesta terça-feira (25) contra o local da escola provisória para onde serão remanejados quando a instituição em que estudam entrar em reforma.



Durante o ato, o grupo caminhou até o centro de Ceilândia e fechou a avenida Hélio Prates. A Policia Militar acompanhou o manifesto e não houve tumulto. Por volta de 10h, os jovens voltaram para a escola.



Segundo a Secretaria de Educação, a escola deverá ficar fechada por um ano e, durante esse período, os alunos deverão assistir a aulas em uma escola na Expansão do Setor O.

A pasta informou que disponibilizou transporte escolar para os alunos, mas eles reclamam da distância e da falta de segurança nas proximidades da instituição.
“Lá é muito violento, dizem que roubam até chinelo”, disse a estudante Mila da Conceição. “A secretaria disse que se quisermos, podemos fazer o vale estudantil, mas não tem transporte escolar para alunos do ensino médio, apenas para o fundamental.”
Os alunos pedem para ir para o espaço onde funciona o Sesi de Ceilândia, mas, segundo a secretaria, o local também passará por obras. Os jovens disseram que vão protestar todos os dias e não voltarão a estudar até que a situação seja resolvida.
Nesta tarde, representantes da pasta vão se reunir com o conselho escolar do Centro Educacional 07 para tentar resolver o impasse.
G1 / Imagem Google

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: