Ex-governador quer união de seu grupo.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O ex-governador Joaquim Roriz (PSC) está trabalhando para manter unido o grupo dentro de sua coligação que conseguiu se eleger para a próxima legislatura – três deputados federais e nove distritais. Para o ex-governador, o momento agora é de união: “A política não espera, tem o seu tempo certo. Temos que nos organizar desde já para as próximas eleições”, diz Roriz, que defende uma oposição articulada ao futuro governo petista. “A única maneira desse grupo alcançar sucesso é fiscalizar diariamente as ações do governo e apontar os erros, com seriedade e competência”, resume.
Em todas as suas conversas o ex-governador reafirma a necessidade de todos agirem de forma conjunta na Câmara Legislativa, na Câmara dos Deputados, cobrando as promessas feitas na campanha eleitoral. “Mas devemos fazer uma oposição responsável, sem ódio e nem atacando pessoas porque política não se faz assim”.
O discurso de Roriz tem motivação. Nas últimas semanas, muitos dos partidos que compuseram sua coligação estão de flerte com o novo governo, como é o caso do PR e do PP. Outros aliados não escondem de ninguém o arrependimento por ter se mantido ao lado do grupo rorizista, como é o caso de alguns tucanos e democratas.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: