Ex-interno do CAJE é campeão Centro-Oeste de Jiu-Jitsu

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Robson MMA

Um ano após conquistar a liberdade, Robson Ferreira, ex-interno da Unidade de Internação de Planaltina (UIP), vem trilhando o projeto de vida por ele traçado ainda durante a internação. No final de junho, o ex-interno participou do campeonato Centro-Oeste de Jiu-Jits, que foi disputado no Ginásio de Esportes do Cruzeiro/DF, conquistando o título de campeão na categoria faixa branca.


Durante o ano de 2009, antes de ir para a UIP, Robson cumpriu medida socioeducativa na Unidade de Internação do Plano Piloto (UIPP), onde já dava sinais de um futuro promissor. Com sua especialista de referência, a quem confidenciava o desejo de ser um grande lutador, construiu vínculos que acabaram culminando em uma bolsa para treinar Jiu- Jitsu, Boxe e Mixed Martial Arts (MMA) na academia Five Rounds – cujo proprietário é o irmão da especialista de referência.
Logo que chegou à Unidade, Robson se mostrava arredio, talvez devido ao seu histórico de abandono e rompimento de vínculos com a família, mas com o tempo, quando se sentia mais seguro, mostrava seu lado comunicativo e extrovertido. Devido ao seu engajamento com a medida socioeducativa e com as atividades propostas, Robson foi aos poucos conquistando sua liberdade. Contudo, apesar de autorizado a sair sistematicamente da Unidade para passar os finais de semana fora, esbarrava com o entrave de não ter para onde ir, pois sua mãe o abandonou quando mudou de Brasília para Minas Gerais e o pai faleceu quando ele ainda era criança.
Robson, que vivenciou situação de rua desde os seus 8 anos, quando questionado sobre essa experiência relata que se sentia livre na rua e encarava essa situação como uma aventura. Porém, essas experiências deixaram marcas negativas no jovem, relacionadas a sensação de exclusão social e a falta de afeto. Como fuga do frio e da solidão, aos 10 anos, passou a usar drogas. Na adolescência, essa vivência de rua ficou ainda mais difícil, pois a aventura se tornou uma constante busca pela sobrevivência. Foi assim que ele começou a cometer os seus primeiros atos infracionais, como roubos e furtos.
Durante o período em que esteve na rua manteve contatos esporádicos com a família, geralmente nos momentos em que era apreendido. Contudo, diante desse cenário, a equipe que acompanhou o jovem durante sua internação buscou o comprometimento das tias, para que alguém pudesse recebê-lo e garantir seu direito de saída da Unidade. Nesse processo, uma tia paterna resolveu encarar o desafio de acolhê-lo. Daí em diante muita coisa boa tem ocorrido na vida dele. Hoje, Robson é campeão Centro-Oeste de MMA e pretende continuar seguindo esse caminho par alcançar outras vitórias. O jovem sempre faz referência aos seus maiores ídolos, Anderson Silva e Popó.


Ascom SECriança.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: