Falta de banheiros públicos, transforma ruas de Ceilândia em mictórios.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Comerciantes de Ceilândia denunciam “mijões” que sujam as ruas da cidade em plena luz do dia. Imagens feitas por uma comerciante da região mostram homens que utilizam a esquina da quadra QNM 18 como banheiro. No local, há uma caixa de iluminação pública próxima ao muro de uma loja. As pessoas aproveitam o espaço para urinar.  

A quadra concentra parte do comércio do centro de Ceilândia (DF), fica perto de paradas de ônibus, por onde passa a maioria dos coletivos que seguem para o Plano Piloto. O vídeo mostra muitos motoristas e cobradores que passam pelo local, descem de ônibus e urinam na esquina. Os comerciantes da região reclamam do mau cheiro. – a gente passa mal o dia inteiro, com dor de cabeça. A gente tem que fechar a janela quando está calor, é insuportável isso aqui, reclama a microempresária, Marlene Alves.   
A secretária Ana Carolina Costa trabalha no local e explica que os comerciantes da rua tentam minimizar o mau cheiro para não perder clientes. – O pessoal da loja ao lado joga água, sabão, faz o máximo para minimizar esta situação. Sueli Silva tem uma loja em Ceilândia e fala do constrangimento para os clientes. – A gente vai mostrar mercadoria e não pode porque tem gente fazendo “xixi” aqui. A administração de Ceilândia informou que está em contato com o 8º Batalhão de Polícia Militar, responsável pela segurança da cidade, para que os policiais tomem providências para evitar a utilização indevida do local.  
Não existem banheiros públicos em Ceilândia, e nem projetos para construção, o “mijão” corre o risco de ser punido,  sem uma contrapartida do estado.

Do R7 com adaptação.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: