Da feira da Guariroba em Ceilândia “Receita de Sarapatel da Tia Maria”

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Como fazer um bom sarapatel? De origem portuguesa, o sarapatel faz parte, basicamente, da gastronomia popular nordestina. Já popularizado em todo o Brasil como um prato forte, há distinções em seu preparo. Originalmente feito com tripas, vísceras e sangue do porco coalhado e cortado em pedaços, é um prato muito calórico. Hoje, o sarapatel já é feito, em muitas casas e restaurantes, sem o sangue, tornando-o mais leve. Além do mais, muita gente gostaria de experimentar essa iguaria mas tem resistência a provar um alimento feito com sangue, cujo odor é bastante evidente. 

Tia Maria está na Feira da Guariroba, em Ceilândia-DF, há mais de 30 anos e há mais de 30 anos cozinha todos os finais de semana para um grupo fiel. Em sua barraca ela serve Baião de Dois, Costela com Macaxeira, Galinha Caipira, Carne de Sol, Dobradinha, Buxada e, claro, o sarapatel.

INGREDIENTES


Miúdos e vísceras do porco; pimentão, cebola, pimenta de cheiro, alho, sal, cheiro verde, colorau


COMO FAZER


Escaldar todos os miúdos e vísceras por meia hora, lava e corta em cubos. Juntar todos os outros temperos e cozinhar em um litro de água por uma hora. Servir com farinha ou arroz. E pimenta, é claro.
Por “Viver em Brasília” 

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: